Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

O Ranking das "Business Universidades" - por Luis Moreira

O ranking das universidades tem agora três universidades portuguesas; à Universidade Católica que já lá está há cinco anos, juntaram-se agora a Nova e a do Porto.

 

5ºano consecutivo no FT

 

"Estamos muito orgulhosos de, pelo 5º ano consecutivo, estarmos entre as 50 melhores escolas do mundo e sermos a 4ª escola no mercado ibérico. Este resultado consolida a nossa reputação internacional como a escola líder em Portugal para a formação de executivos", diz Fátima Barros, directora da Católica-Lisbon. "Apesar da situação económica do País e da crescente concorrência, este números confirmam o reconhecimento do valor na nossa formação de excelência", acrescenta. A facturação em programas de formação para executivos da Católica subiu, em 2010, de 8,8 para 9,6 milhões de dólares.

 

 

Internacionalização marca pontos

 

"Esta entrada no ‘ranking' significa mais um ponto na nossa estratégia de internacionalização. Candidatámo-nos este ano, pela primeira vez, porque o crescimento da nossa actividade, nos últimos dois anos, nos permitiu ter o volume de negócios suficiente para entrar nestes ‘rankigs'", afirma Nadim Habib, administrador da formação de executivos da Nova SBE. "Ainda não é a posição onde devíamos estar, mas vamos trabalhar para subir no ‘ranking'", acrescenta o responsável. Segundo Nadim Habib, "este é um sector onde Portugal pode ser competitivo a nível europeu".

 

Ligação às empresas premiada

 

"Foi reconhecido que temos soluções de formação adaptadas às necessidades específicas de cada empresa", justifica Nuno de Sousa Pereira, director da EGP-UPBS "Também contou a componente de internacionalização que começamos a ter nesta área, com parcerias com escolas internacionais e formação ‘in company' com empresas com quadros estrangeiros", acrescenta o responsável. Para Nuno de Sousa Pereira, o que realmente distingue a EGP é o impacto causado nas pessoas e empresas que passam pela escola. "A qualidade dos nossos programas é reconhecida pela nossa ligação única às empresas", sublinha.

 

Como se vê se o país se livrar das corporações de interesses que tolhem a maioria das iniciativas, temos gente capaz de se bater de igual para igual com os melhores do mundo.O problema é que metade do país anda a ver se nada mexe, como nos cemitérios...

 

As ‘business schools’ continuam a ter dificuldade em convencer os seus docentes, principalmente os que estão no quadro, a darem aulas na formação para executivos, algo que cada vez mais empresas começam a exigir.

 

publicado por Luis Moreira às 15:40
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links