Sábado, 8 de Janeiro de 2011

Hegel - Tese, Antítese, Síntese...

Rolf Damher

 

A existência de um tipo de governo ou sociedade, chamado Tese, provocaria o aparecimento do oposto desse tipo de governo ou sociedade, que Hegel chamou de Antítese. Tese e Antítese naturalmente começariam a batalhar uma contra a outra, pois são sistemas exatamente opostos e, portanto, com visões diferentes sobre o mundo. Se a Tese e a Antítese batalharem por um longo período de tempo, sem que nenhum lado aniquile o outro, essa batalha resultará em ambos os lados mudando para

um sistema híbrido de governo e de sociedade, que Hegel chamou de Síntese. (...)"

 

 

Muito engraçada e certeira esta “História da Carochinha” abaixo referida. Todavia, já não era sem tempo que das eternas análises se passasse à síntese, isto é, a soluções para a UE e sobretudo os seus subsistemas em perigo imediato de passar pelas armas, poderem saír do atoleiro em que se encontram.

 

 

Todos discutem sobre o leite derramado e lamentam a morte da bezerra, mas olhar para frente e encontrar soluções urgentes continua a ser um tabu. Os medíocres que por enquanto ainda nos governam e que pensam que tudo na vida se reduz aos contextos mecanicistas-financeiras do “cacau” e à sua obtenção ("guarda chuva de salvação dos devedores"), não querem ouvir falar de abordagens capazes de conduzir a soluções efectivas e viáveis. E assim os “torniquetes” continuam a ser apertados com cada vez mais força – até que algum dia....

 

publicado por Luis Moreira às 22:00

editado por Carlos Loures às 19:10
link | favorito
Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010

Arquitectura e Música




José de Brito Guerreiro

«A relação da Arquitectura com a Música remonta aos primórdios do pensamento humano. (...)
Concretamente a Arquitectura e a Música partilham muitas características: ritmo, harmonia, ordem, proporção, repetição, contraste, tons, frases compositivas, estruturas matemáticas. (...)
Os métodos utilizados para conceber e manifestar ambas as artes possuem um núcleo compositivo similar.
A Arquitectura e a Música situam-se no domínio da abstracção, alheias a qualquer representação figurativa, transcendendo as aparências exteriores da realidade. Diferem das artes plásticas e visuais porquanto não procuram a imitação de objectos reais. Exprimem-se mediante conceitos e formas próprios.
As obras arquitectónicas, como as musicais, são fruídas por meio da quarta dimensão, o tempo, o que reforça o vínculo entre estas duas artes. A Música manifesta-se pela relação entre som e tempo. A Arquitectura exprime-se pela conexão entre espaço-luz e tempo. Luz que revela a conformação da matéria, e tempo que o contemplador precisa no percurso para captar e perceber as harmonias espaciais.
O 'som' da Música corresponde ao 'cheio' da Arquitectura. O 'silêncio' da Música é o 'vazio' da Arquitectura. E o som não se propaga onde não existe matéria.»
 
José de Brito Guerreiro
Arquitectura e Música: Correspondências · Tangências · Aproximações
Janeiro de 2008
 
publicado por João Machado às 16:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links