Sábado, 2 de Julho de 2011

Dominique Straus Kahn e o ouro falso - por Octopus

 

Na manhã de 14 Maio, o   dia em que foi preso, Dominique Strauss-Kahn (DSK) tinha sido aconselhado   pelos serviços secretos franceses (DGSE) a abandonar os EUA e regressar   rapidamente à Europa, descartando-se do telemóvel para evitar que pudesse ser   localizado. A delicadeza da informação secreta que lhe tinha sido entregue   por agentes "d...elatores" da CIA justificava tal precaução.

   

Strauss-Kahn tinha   viajado para os Estados Unidos para clarificar as razões que levavam os   norte-americanos a protelar continuamente o pagamento devido ao FMI de quase   200 toneladas de ouro. A dívida, com  pagamento acordado há vários anos, advém   de ajustes no sistema monetário - "Special Drawing Rights" (SDR's).


 

As preocupações do FMI   sobre o pagamento norte-americano ter-se-iam avolumado recentemente. Nesta viagem Strauss-Kahn estaria na posse de informação relevante que indiciava   que o ouro em questão já não existem nos cofres fortes de Fort Knox nem no NY   Federal Reserve Bank.

 

Mas Strauss-Kahn terá   cometido um erro fatal: ligou para o hotel, já da plataforma de embarque, pedindo que o telefone lhe fosse enviado para Paris, o que permitiu aos   serviços secretos americanos agir nos últimos minutos. O resto dos factos são   do conhecimento público.

 

Já em prisão   domiciliária, em Nova Iorque, DSK terá pedido ajuda ao seu amigo Mahmoud   Abdel Salam Omar, um influente banqueiro egípcio. Era muito importante, para   fundamento da defesa, que o egípcio lhe conseguisse obter a informação   privilegiada sobre a "mentira" do ouro, que DSK tinha deixado   "voar" em NY, para justificar a teoria da perseguição.

 

No entanto a   intervenção voluntariosa do banqueiro egípcio saiu gorada. Dias depois Salam   Omar foi igualmente preso nos Estados Unidos, também ele acusado de   assédio sexual a uma empregada de hotel. Relatórios de diferentes serviços   secretos internacionais convergem na conclusão: os factos que motivaram a prisão do egípcio são altamente improváveis, Salam Omar é um muçulmano   convicto e um homem com 74 anos de idade.

 

A inversão de sentido   na história da suite do Sofitel de NY começava aqui a ganhar consistência e   outros factos viriam ajudar.

 

Em Outubro de 2009,   Pequim terá recebido dos EUA cerca de 60 toneladas de ouro, num pagamento   devido pelos americanos aos chineses, como acerto de contas no balanço de   comércio externo. Com a entrega, Pequim testou a genuinidade do ouro recebido   tendo concluído que se tratava de "ouro falso". Eram barras de tungsténio revestido a cobertura de ouro. As 5.700 barras falsas estavam   devidamente identificadas com chancela e número de série indicando a origem -   Fort Knox, USA.

 

 

O congressista Ron   Paul, candidato às eleições presidenciais de 2012, solicitou no final do ano   passado uma auditoria à veracidade das reservas do ouro federal que foi   rejeitada pela administração Obama. Numa entrevista recente, questionado   sobre a possiblidade de ter desaparecido o ouro federal de fort Knox, o congressista Ron Paul gelou os interlocutores respondendo liminarmente:   "É bem provável!"

 

À "boca   fechada" têm vindo, aqui e ali, a escapar informações, a avolumar-se   incertezas sobre as reservas de ouro norte-americanas. Mas as notícias   referentes aos fortes indícios que de o ouro seja apenas virtual têm colhido   uma tímida atenção na comunicação social americana.

 

A "verdadeira   história" por detrás da prisão de DSK, agora pública, consta de um   relatório secreto preparado pelos serviços de segurança russos (FSB) para o   primeiro-ministro Vladimir Putin. Talvez por isso Putin tenha sido o primeiro   lider mundial a assumir publicamente a ideia de que DSK terá sido   "vítima de uma enorme conspiração americana".

 

Estes factos, a   confirmarem-se, em nada ilibam DSK na suspeição que sobre si recai do   eventual crime de assédio sexual a  uma empregada do hotel mas, quem   sabe, essa possa revelar-se como a pequena e ingénua ponta de um grande   iceberg. A ser verdade, os serviços secretos norte-americanos, seguramente   bem informados, terão sabido tirar partido das fraquezas do inimigo-alvo,   aniquilando-o com eficácia cirúrgica - um pequeno crime de costumes, tão ao   gosto do imaginário popular, pode bem ter contribuído para abafar crimes de   contornos bem mais sérios, por eliminação de testemunha ou de prova.

 

Entretanto DSK prepara   activamente a defesa em tribunal arregimentando já um verdadeiro "crack   team" de ex-espiões da CIA, investigadores, detectives e media   advisors. 

 

 
(Texto enviado por um leitor bem informado que prefere guardar o   anonimato.)

  

 

The Times:

 

http://www.timesonline.co.uk/tol/news/world/us_and_americas/article5989271.ece

 

CNN:

http://money.cnn.com/2011/06/24/news/economy/ron_paul_gold_audit/index.htm

 

Fox News:

 

http://www.foxnews.com/politics/2010/08/31/rep-paul-calls-fort-knox-audit-suggests-gold-gone/

 

The Daily Bail:

 

http://dailybail.com/home/is-gold-in-fort-knox-real-ron-paul-demands-official-audit.html

 

View Zone:

 

http://viewzone2.com/fakegoldx.html 

 

American Free Press:

 

http://www.americanfreepress.net/html/fort_knox_conundrum__208.html

 

  

  

 

 

publicado por Carlos Loures às 12:00

editado por João Machado às 11:40
link | favorito
Terça-feira, 10 de Maio de 2011

A corrida ao ouro português - por Luis Moreira

 

 

 

 

 

 

Já aqui falamos dos apetites que o ouro do Banco de Portugal desperta .

 

Eu se tivesse que emprestar dinheiro a Portugal também colocava esta questão, afinal um país que está falido, é um dos países que maiores reservas de ouro tem, é mesmo "tique" de fidalgo arruinado.

 

Hoje os nossos amigos europeus voltaram à carga, parece que o apetite se aguça porque o preço do ouro está em alta e vai continuar face às incertezas da evolução das economias.

 

Há opiniões para todos os gostos desde os que defendem a sua venda e utilizar o dinheiro assim obtido para abater na enorme dívida, aos que afirmam que as reservas de ouro e moeda que temos são uma garantia extra para o caso de uma hecatombe ainda maior do que a que vivemos.

 

Incluir as reservas nos resgates

 

"Os alemães acrescentavam que o tema das reservas de ouro deveria ser incluído na questão da falência do processo de resgate à Grécia (que é o 30º país em reservas com 111,5 toneladas) e mesmo na discussão sobre a Espanha (que é o 19º detentor com 281,6 toneladas), caso ocorra. Como nota, sublinhe-se que a Alemanha é o segundo maior detentor de reservas de ouro depois dos Estados Unidos.

 

Os dois políticos alemães não especificaram quem deveria comprar tais reservas, mas, segundo o GATA (Gold Anti-Trust Action Committee), "o Bundesbank (banco central alemão) e o Banco Central Europeu seriam compradores". A situação de forçar países em situação de bancarrota a vender reservas de ouro ou colaterizar esses ativos não é nova na história, recorda o GATA."

publicado por Luis Moreira às 23:50
link | favorito
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011

E o ouro ? Vendem-se empresas e não se vende o ouro do Banco de Portugal?

 Luis Moreira

 

Ouro do Banco de Portugal está no centro das atenções. Dizem personalidades  

alemãs:                                                                                      

 

 

O deputado liberal Frank Schaeffler, perito em assuntos financeiros, considerou, por sua vez, que “não seria solidário” Portugal pedir um empréstimo internacional sem vender as 385 toneladas de ouro que possui, avaliadas em 12 mil milhões de euros."

 

Convenhamos que quem de 78 mil milhões retira 12 mil milhões, fica só a pagar juros sobre 66 mil milhões, parece sensato mas o que é sensato para quem paga não o é tanto para quem o gasta.

 

Claro que se uma tão grande quantidade de ouro desagua-se no mercado o preço era capaz de vir por aí abaixo, mas desde vender aos bocadinhos, até pagar com ouro a preço fixado no âmbito das negociações era capaz de não ser mal pensado. Não se faz porquê?

 

Razões de Estado ou técnicas que obrigam o Banco de Portugal a manter como reserva uma determinada percentagem da moeda  em circulação?

 

O Paulo, desde a Bélgica deixou um comentário no Público bem avisado:

 

paulo , bélgica. 06.05.2011 09:22

E as agencias de rating?

"Vender o nosso ouro para resolver problemas em bancos estrangeiros não parece ser solução nenhuma para Portugal mas ao mesmo tempo esta sugestão é mais uma prova da manipulação das agências de rating em favor da especulação sem sentido. Portugal tem uma das mais importantes reservas de ouro na Europa mas isso não lhes impediu de nos baixar o rating soberano. depois de fechar acordo de ajuda externa é que se lembram que Portugal dava garantias de financiamento? está na altura de levar a sério este tipo de crime financeiro e de o punir devidamente por autoridades competentes."

 

Bem visto, Portugal afinal dava garantias e isso não impediu que as agências de rating nos classificasse como "lixo" ( não se acaba com elas ou não se cria uma gência europeia porquê?) isto não há regras nenhumas, ou melhor há as regras de quem manda e de quem tem poder.

publicado por Luis Moreira às 23:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links