Terça-feira, 2 de Novembro de 2010

O Mar - um hipercluster 1

Com três milhões de habitantes dominamos o mundo quando nos associamos ao mar. É preciso voltar!

Se a proposta que Portugal apresentou na ONU para que a extensão da nossa Zona Marítima vá para além das actuais 200 milhas ( para as 350 milhas) for aprovada, o que é certo , ficaremos a ser um dos países mais extensos do Mundo e um dos (potencialmente) mais ricos.

O abandono do mar por parte de Portugal é de tal ordem que produzimos três vezes menos emprego do que a Grécia, geramos um valor que é mais de três vezes inferior ao da Bélgica e mais de seis vezes inferior ao da Dinamarca. Arriscamo-nos a ver os nossos recursos marítimos a serem explorados por outros.Para evitar isso é preciso determinação, exploração e investigação cientifica e tecnologia de ponta.

Alguns números: Número de pescadores: 17 339; 10 000 toneladas de pescado; 8 700 embarcações, a quarta maior frota da UE; 4 792 empresas de pesca; 1320 espécies descobertas; 98% das espécies vivem no fundo do oceano;58,5 kgs é quanto come cada português, em média,por ano,em produtos do mar; 945 000 passageiros passaram pelos portos portugueses este ano; 415 804 turistas em cruzeiro passaram pelo porto de Lisboa este ano; 37 865 209 toneladas é o total da carga que passou nos portos portugueses no ano passado; 6 023 navios já passaram, entre Janeiro e Julho pelos portos portugueses; 350 milhas são a segunda maior Zona Marítima mundial logo a seguir aos US;

Há que desenvolver os portos, a náutica, turismo de cruzeiros, a energia do mar, a piscicultura, as quintas marítimas. Nos próximos dias iremos publicar uma série de artigos, seguindo o estudo do Prof Ernâni Lopes sobre o hiper cluster do Mar.
publicado por Luis Moreira às 02:00
link | favorito
Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

Apresentando Manuela Degerine



Manuela Degerine nasceu em Lisboa, licenciou-se em Filologia Românica na Universidade Clássica de Lisboa. Foi professora em Queluz e em Macau; ensina agora o português num liceu de Paris. A sua obra literária consiste quase exclusivamente na criação ficcional, tendo merecido, por parte da críitica literária, um excelente acolhimento. Os romances por ela publicados são: A curva do O , Lisboa, 1991, Jardins de Queluz, Lisboa, 1994; A Dúvida e o Riso, Lisboa, Uma Gota de Orvalho, Lisboa, Difel, O Peixe Sol, Lisboa, 2002.


publicado por Carlos Loures às 20:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links