Quarta-feira, 29 de Junho de 2011

A propósito do apelo de Mikis Theodorakis - António Gomes Marques

 

 

«Foi o Mário Vieira de Carvalho que me fez chegar este texto, uma iniciativa de Mikis Theodorakis, texto este que não nos diz nada de novo em relação ao que, graças ao labor do Júlio Marques Mota, no «estrolabio» se tem dito há já muito tempo, nomeadamente dando a conhecer os textos dos «Economistas Aterrados». É por isso menos importante? Evidentemente que não, não só por ter sido um grande vulto da música contemporânea, M. Theodorakis, a ter tomado a iniciativa de se dirigir à consciência dos europeus, com muito maior audição do que um simples cidadão europeu, mas também por nunca serem demasiadas as chamadas de atenção para a verdadeira razão da crise com que os mercados financeiros e os políticos seus serventuários estão a destruir a democracia e a levar a Europa e o euro à ruína. Não são os trabalhadores os responsáveis, mas são os trabalhadores quem a crise vai pagar. Agora a Grécia, a Irlanda e Portugal, com as baterias já apontadas a Espanha; depois serão a Itália, a França, ..., por fim a Alemanha, talvez o país mais merecedor de vir a sofrer a crise pela cegueira com que está a conduzir-se.

 

Se a Europa no pós-guerra (e a América, claro) tivesse tido o comportamento que a Alemanha está agora a ter, como estaria hoje este país? Será que ainda existiria?

 

É evidente que sem os erros cometidos pelos políticos gregos (as duas famílias que a têm governado), pelos políticos irlandeses, pelos políticos portugueses desde Cavaco Silva 1.º Ministro, não teria sido tão fácil aos mercados financeiros, com a acção constante das agências de rating, e à banca levarem-nos a tal estado de penúria, o que nos leva a também ter de assumir a nossa quota de responsabilidade por não termos sido capazes de impedir a acção de tais políticos, pois fomos nós que os elegemos. Esquecemo-nos que a política é um exercício de cidadania que a todos responsabiliza.

 

E agora? Resta-nos tomar consciência de que o futuro de nós depende e partir para a acção, acção essa que tem de ser dos europeus, como no texto se defende, e não do povo trabalhador isolado, deste ou daquele país.»

 

 

 

publicado por Luis Moreira às 11:00

editado por Augusta Clara em 28/06/2011 às 23:17
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links