Quinta-feira, 3 de Março de 2011

A viagem no espaço

continuação        

 

 

 

Gagarin subiu, nas sua pequena nave espacial , em 12 de Abril de 1961, às 9h0  7 da manhã, hora de Moscovo, e voltou menos de duas horas depois às 10h55 da manhã. Até ali, tinham sido vencidos enormes desafios técnicos e cientificos. E, em Janeiro de 1959, a nave Luna1, sem tripulação, aproximou-se da Lua. Mais tarde, menos de um ano, a sua "irmã" chegou à Lua onde se despenhou. A terceira mais velha das "irmãs" deu a volta à lua tendo fotografado a parte não visivel da Lua e transmitiu as fotografias para a terra.

 

Estes feitos foram aclamados em toda a Rússia e analisados e comentados em todo o mundo. A Rússia, com uma baixa alfabetização no ínicio da Revolução Bolchevique em 1917, conseguiu um desenvolvimento muito rápido, com creches, jardins escolas, escolas universidades podia, agora, sem ajuda do exterior dedicar-se e ultrapassar estes fantásticos desafios.

 

Levar um homem à lua apresentava extraordinários desafios, desde a velocidade necessária para colocar a nave em órbitra até às tremendas diferenças térmicas, um dos lados era "aquecido", permanentemente pelo Sol, enquanto a outra parte estava sujeito ao frio do espaço, sem sol. O fato espacial assemelhava-se a um fato de "mergulhador" para o proteger da diminuição do seu coração e músculos devido à pressão e aos seus ossos perderem consistência.

 

 No ínicio de 1961, treinados em total secretismo,uma dezena de "cosmonautas" estavam preparados para subirem ao espaço e fazerem uma única volta à terra. Entre eles Yuri Gagarine, com 27 anos, filho de um carpinteiro e criado numa quinta colectiva, piloto de teste foi o escolhido. Tornou-se um herói nacional, vitoriado em todo o mundo. Os US,um mês após a viagem de Gagarine, anunciaram que levariam um homem à lua. A Rússia não precisava de fazer anúncios continuava muito na frente da corrida.

 

Acontece que os foguetões que colocavam naves espaciais no espaço também eram capazes de transportar ogivas nucleares e atacar bem longe alvos estratégicos. Os US tinham a Rússia cercada com rampas de lançamento na Turquia de onde poderiam alcançar as mais importantes cidades Russas. A União Soviética não poderia alcançar Washington e Nova Yorque mas alcançava Paris, Londres e Berlim. Um jovem físico em Los Alamos desenvolveu uma bomba atómica muito mais pequena e leve e com a mesma capacidade de destruição. Theodore Taylor, jovem físco que não chegara sequer a doutorar-se.

 

A Chegada de novos líderes e a guera fria iriam mudar a face da terra para sempre!

 

Yuri Gagarine morreu num desastre de aviação quando pilotava um caça na sua actividade de piloto de testes.

 

publicado por Luis Moreira às 23:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links