Quarta-feira, 6 de Abril de 2011

Ele Há Leques e Leques - Clara Castilho

 

 

 

 

Os leques terão tido a sua origem na China Antiga, onde se tornaram parte integrante do costume nacional, sendo usado pelos reis como um sinal de dignidade. Da China passou para o Japão, onde também foi de uso constante.

 

Os leques existentes séculos a.C. eram muito grandes, não podiam ser fechados e só deles beneficiavam os senhores que podiam encarregar desta tarefa os seus escravos ou onde era uma honra podem  abanar o Faraó. Na Grécia, abanar a esposa durante o sono era uma grande prova de amor do recém-casado, garantindo-lhe o perdão por qualquer falta que tenha cometido. Em Roma havia escravos especialmente designados para abanarem as patrícias e seus convidados em dias de intenso calor.

 Os portugueses, com os Descobrimentos, ao chegarem ao Japão ficaram a conhecer os leques retráteis. Este conhecimento  espalhou-se  pela Europa. E foi moda que se instalou nas Cortes e salões.

Para além de refresca o leque tinha também a função de ser  fonte de linguagem codificada das damas para os cavalheiros. Por exemplo:  “Amo-te” - esconder os olhos com o leque aberto.; “Aproxime-se” - andar com o leque, conduzindo-o aberto na mão esquerda;  “Quando nos veremos? “ - leque aberto no colo; “Não me esqueça” - tocar o cabelo com o leque fechado; “Adeus “-aAbrir e fechar o leque; “Sim” apoiar o leque no lado direito do rosto; “Não” - apoiar o leque no lado esquerdo do rosto.

Ao longo dos séculos, os leques foram feitos em diversos materiais e formatos ( folhas, penas, plumas) A partir do século XV começaram a ser usados os leques propriamente ditos, reversíveis ou de fecho, constando de duas partes principais: a armação, pequenas hastes sobrepostas, e a folha, esta em papel, pergaminho, pano pintado (geralmente à guache), rendas e gaze, bordadas com lantejoulas, fios de ouro e dourados.

 

publicado por atributosestrolabio às 18:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links