Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

Freeport - quão amigos que nós somos...





A Ana Gomes, a deputada europeia do PS, entrevistada na TV incita o Procurador -Geral e Cândida Almeida a demitirem-se e, de passagem, diz que não percebe como Cavaco Silva não reune o Conselho de Estado!

Ana Gomes, junta-se assim às várias vozes que, de todos os cantos, se indignam com um relatório que deixa, para sempre, uma dúvida sobre o caracter de Sócrates. "Perverso", chama-lhe o ministro-adjunto, "canalhice" chama-lhe Assis, o Presidente da bancada socialista.E com razão, este relatório ficará para os anais da história da "pulhice"!

O sindicato dos magistrados vem em defesa dos seus sócios, que lhes pagam as quotas e, diz publicamente, que a confiança na cadeia hierarquica está rompida.Bem sabemos que de ingénuos não têm nada, que bom seria os lugares vagarem e o sindicato poder ter uma palavra sobre quem íria ocupar os lugares.

Quando se aperceberam das contradições e da indignidade do relatório estavam com um problema onde todos se queimam. Hoje apareceu a notícia que há documentos sobre Sócrates e a família que ficaram numa gaveta da magistrada de Setúbal. O DVD ,segundo vários penalistas, é ilegal, ou antes, a prova assim produzida é ilegal, mas isso não quer dizer que as pessoas que fizeram o DVD e que nele dizem o que dizem, não devam ser ouvidas.Ontem corria na imprensa que um dos autores do DVD tinha sido ouvido.

Perante este cenário, de onde não há saída digna, o que se poderia esperar? Um nota distribuída publicamente, onde afirmam que, afinal, andaram todo o tempo aos abraços e aos beijos na boca!

É preciso não esquecer que a primeira afirmação de Cândida Almeida é que não sabia que no relatório constavam lá as perguntas o que, se transformou depois, numa negociação com os magistrados que subscrevem o relatório..

Uma salganhada que não convence, e é pena, porque ninguem merece isto e José Sócrates tambem não. Para a PGR só há uma de duas posições: ou acusa ou não acusa, não pode ser um "nim"...
publicado por Luis Moreira às 13:30
link | favorito
Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

Não é cândida é almeida...




Luís Moreira



O processo Freeport continua a ser inexoravelmente analisado e transmitido à opinião pública, revelando segredos que levam a Justiça à estaca zero da credibilidade.

Agora, sabemos que Cândida Almeida não era bem vista no processo pelos seus próprios subordinados e colegas, que transmitiram aos seus colegas ingleses que o melhor mesmo era não confiar nela. Reuniões houve em que Cândida forçou a sua presença contra a vontade dos magistrados titulares do processo, estes apresentaram o argumento que quem melhor conhecia os meandros do processo eram os magistrados de Setúbal,deveriam ser esses a estar presentes.

Tambem sabemos que o Presidente do Eurojust (instituição que faz a ligação entre polícias dos diversos países) era Gomes da Mota, ex-secretário de Estado de um governo socialista onde foi colega de Sócrates. Cândida de Almeida é uma notória militante socialista, está montado o cenário do "Auto de Fé".E notícias como as que o DN trás e podem lincar acima não ajudam nada.

O senhor PGR não tem poderes mas foi ele que mandou destruir as provas (escutas) que os magistrados de Aveiro consideraram relevantes. O seu vice está em situação ilegal por ter ultrapassado o limite de idade e a sua chefe do DCIAP é de sua confiança. Bem sei que o Sindicato dos magistrados espreita à espera da oportunidade de preencher aqueles lugares por gente da sua confiança.

Os casos que afligem a Justiça são duros golpes na Democracia, há gente poderosa que não está nada de acordo com o arquivamento dos processos Face Oculta e Freeport...Publico

A Justiça portuguesa é mesmo cega, no sentido que não reconhece quem está a ser investigado, ou é no sentido de não ver "navios"?
publicado por Luis Moreira às 13:30
link | favorito
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

Freeport - insuficientes mas existem!

Como se previa o arquivamento do processo e consequente fim do segredo de justiça, veio levantar questões muito dolorosas para as entidades estatais que autorizaram a construção do Freeport.

Para além das 27 perguntas que não foram feitas a José Sócrates, o relatório do Ministério Público não é parco em palavras e diz claramente, que há provas de que houve pagamentos e movimentações de avultadas quantias em dinheiro nas contas bancárias dos arguidos. Provas insuficientes, é um facto, mas existentes!

Há ainda provas que a autorização foi conseguida após e devido ao envolvimento de figuras próximas do entáo secretário de estado do ambiente, tanto familiares como hierarquicamente dependente dele. Provas insuficiente, é um facto, mas existentes!

A credibilidade do primeiro ministro leva mais uma pázada de terra (talvez do cemitério que não autorizaram a construir no mesmo local por razões ambientais)e nos próximos dias as provas, insuficientes, é certo, mas existentes, vão continuar a serem publicadas pelos "media". Se em termos criminais, o primeiro ministro pode descansar, no que à opinião pública diz respeito é-lhe retirada a mais pequena porção de credibilidade que lhe restava.

Bem sei que a sua vida política está a acabar e que só razões de calculismo político, do próprio e alheio, o mantêm no lugar, até sair pela porte pequena. Quem também só tem portas pequenas é a Justiça, que nos quer convencer que há corruptores sem haver corrompidos! O curioso é que os únicos que são acusados são os privados, aqueles que de certa forma estavam a fazer pela vida. Precisavam de construir o Freeport para ganharem as comissões que são o seu rendimento enquanto intermediários.

Quanto à extorção não deveriam ser os extorquidos a apresentar queixa? É que só há extorção se houver uma ameaça física ou de outra ordem muito grave. Por exemplo, "ou me dás tanto, ou dou-te um tiro..." pois se ninguem se queixou como é que pode haver extorção?

O Presidente do Sindicato já vem dizer que vai defender os magistrados relatores no que for preciso, o PGR publicou uma nota a desmentir os magistrados relatores e vamos ter festa garantida!
publicado por Luis Moreira às 13:30
link | favorito
Terça-feira, 27 de Julho de 2010

O Freeport recomeça amanhã...

Luís Moreira

Ministério Público deu hoje por terminado o processo ao Freeport, amanhã vai ter que acusar ou que arquivar!

Num caso ou noutro vamos saber os alicerces da pronúncia ou do arquivamento, porque neste caso, os jornais vão dissecar, impiedosamente, o processo. Faxes, vídeo, contas bancárias, depósitos em dinheiro, tudo o que teve contraditório vai aparecer na comunicação social como verdades, se não absolutas, pelo menos muito perto disso.

Todos os arguidos depositaram dinheiro em notas, uns porque receberam trabalhos, outros porque beneficiaram de partilhas, outros porque tinham o dinheiro no colchão, mas todos depositaram mais do que o que declararam às finanças. Crime fiscal?

O que fica, em cada um de nós, é uma "impressão", que diabo, negaram autorização para um cemitério com o argumento que íria "desastibilizar" o ambiente, e a seguir autorizam, para o mesmo local, 57 000 metros quadrados de construção com o objectivo de receber milhares de compradores? As aves apoquentam-se com o silêncio dos cemitérios e não com o barulho da populaça? O sapal não aguenta o choro das viúvas?

O DN e o Público já hoje fazem manchete, a "silly season" ajuda, o pessoal está a "águas".


E tudo começou por negarem a construção de um cemitério!
publicado por Carlos Loures às 13:30
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links