Sábado, 25 de Dezembro de 2010
Debates presidenciais - Cavaco Silva / Francisco Lopes - Alegre/Nobre
Luis Moreira


Cavaco Silva sentiu-se cercado. O passado pesa e quem está há 20 anos na política e 15 anos em posições de grande relevo tem dificuldade em sacudir a água do capote. A verdade é que a par de obra feita, há muita coisa que Cavaco fez e fez mal, como se vê agora ao fim deste tempo todo, como as parcerias público/ privadas que iniciou e como desarticulou a agricultura e as pescas a troco dos subsídios de Bruxelas.


Mas também é verdade que trouxe para cá a Autoeuropa, uma das principais, senão mesmo a principal exportadora,, que é líder de um cluster de quase 70 empresas fornecedoras portuguesas e que dá lições todos os dias de empreendorismo e sensatez, mostrando que quando o Estado, os sindicatos e as leis absurdas laborais, ficam à porta, conseguimos ter uma empresa que é das mais competitivas do universo mundial das empresas da volkswagen.


Francisco Lopes deu voz a todos os comunistas que têm em Cavaco um exemplo de político liberal que acredita em tudo o que o PCP combate, e não largou a presa, filou-a, não fazendo mais estragos porque Cavaco é um mestre em passar por cima da rama sem fazer barulho.


Alegre/Nobre
Nobre esteve ao ataque, Alegre não gostou, tal como Cavaco Silva não gostou do discurso de Francisco Lopes, quem teve resposabilidades políticas tem responsabilidades na presente situação mas, isso é dificil de engolir, embora não possa ser de outra maneira.


Há barreiras na sociedade portuguesa que é preciso derrubar, diz Nobre, os 300 000 velhos que ganham 300 euros de reforma, os jovens que não têm emprego, é uma vergonha que 37 anos após o 25 de Abril estas situações se mantenham. Uma flagantre injustiça entre os que mais ganham e os restantes trabalhadores.



Alegre diz que todos têm responsabilidades uns mais outros menos, e aqui dirigiu uma saudação ao seu (suposto) adversário Francisco Lopes que na véspera tinha acossado Cavaco com as responsabilidades de quem está há 20 anos na política.
lembrou ser um homem que pensa pela sua própria cabeça e que votou muitas vezes contra o seu próprio partido, esteve na origem do SNS e da Constituição....


Nobre clama pela sociedade civil, diz que não há motivo para ter medo, para votar contra os que nos desgovernam, os partidos já tiveram muitas oportunidades e a situação é esta de plano inclinado para a miséria. Não tenham medo, lutem pelos vossos ideais , já sabemos que os mesmos de sempre com as mesmas políticas vamos ter mais do mesmo.


Só por isto já teria valido a pena Nobre ter-se candidatado, chega uma voz de fora dos aparelhos partidários e está a fazer mossa, a democracia não se esgota nos partidos. Sem uma sociedade civil forte o país não tem saída entalado como está entre o estatismo e as corporações.


Eu voto em Fernando Nobre!





Moura zurze Cavaco


Moura andava há muito para lhe dizer tudo o que lhe disse, aliás todos os socialistas e comunistas andam há muito para confrontar Cavaco com várias coisas. Primeiro com os seus ex-ministros que sacaram o BPN, como se Cavaco tivesse alguma coisa a ver com a vida profissional dos seus amigos e/ou ex-ministros; depois não compreendem como é que o povo estúpido lhe dá uma e outra vez a maioria dos votos; e aquela pose de quem está acima dos outros tira-os do sério...


Cavaco Silva que tem destes debates uma visão de que se tratam de uma conversa em que os seus adversários amocham, porque tudo isto não é mais do que formalismo, há que manter a dignidade da função, fica pior que estragado com esta gincana, para ele isto é só um espectáculo indecoroso, sabe para onde vai e qual o caminho mas não diz porque deixou o país chegar a isto...


Curioso é que Alegre andou tambem perto," se você sabe tanto, tem tanta experiência e é professor de finanças públicas como deixou o país chegar a esta situação?" Má, suponho, só falta perguntar (eu julgo que é a única pergunta cuja resposta vale a pena conhecer) é," se for reeleito, demite ou não o governo"? Espera que o CDS apresente uma moção de censura? Espera que a execução do orçamento do primeiro trimestre de 2011 seja um desastre igual ao de 2010?


Numa palavra já se perceberam várias coisas: Cavaco ganha à primeira volta; os eleitores votam nele porque querem que ele acabe com "isto"; Alegre e Moura mal Cavaco seja reeleito mudam o discurso exigindo que Cavaco seja isento e imparcial, leia-se não demita o governo; e Cavaco espera que alguem lhe tire as castanhas do lume como habitualmente.


Nobre vai subindo, mas não chega, embora eu vote nele!


publicado por Luis Moreira às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010
Candidatos enviam Boas festas ao estrolabio


Luis Moreira

Cavaco Silva - Eu e a minha mulher, embora não possamos, enquanto Presidente da República, entrar em polémicas, desejamos um santo Natal, a todos os que nesta noite em que nasceu o menino, em família e à volta da lareira, dêm bem conta das maravilhosas prendas que a sociedade liberal nos dá a todos e, está bem de ver, as minhas palavras vão, especialmente, para aqueles que se autoexcluiram, desta irmandande em Cristo.
Para esses é sempre tempo de deixar uma palavra de conforto e de esperança, voltem, voltem, pois que os receberemos de braços abertos. Não estamos zangados com ninguem, eu sou o Presidente de todos os portugueses ( ouve-se o hino)

Sócrates - Com a economia a crescer como nunca e a pobreza aos mais baixos níveis de sempre, o desemprego a decair 0,2 em relação a ontem é, pois, tempo de dizer não aos pessimistas que ainda há bem pouco tempo proclamavam que vinha aí uma crise com profundas consequências na vida dos portugueses. Como se vê, e os portugueses vêm, as famílias reunem-se à volta do bacalhau ( que eu próprio pesquei) e das rabanadas sem açucar tendo em vista a última campanha de saúde, lançada há momentos e que já está a produzir efeitos benéficos nos níveis de glicose de todos nós.
Se não fosse a violenta luta que me moveram, podíamos ter ido ontem de TGV a Madrid, fazer as compras de Natal e os Madrilenos estariam agora na baixa de Lisboa a comprarem e a contribuirem para a balança de "invisiveis correntes" (isto deve ser algum engano do Pereira...) mas, não, não, o que interessa hoje, é que tenham um santo natal cheio de propriedades ( mesmo que abarbatadas pelos bancos...)

Francisco Lopes - nós na campanha independente e suprapartidária que outras forças democráticas, designadamente, Os verdes e a CDU, apoiam, bem como largas faixas da sociedade civil, pequenos negociantes ( como sabem em Cuba o PC está a apoiar activamente, a abertura à iniciativa privada de barbeiros) no estrito cumprimento da Constituição enviamos a todos os portugueses os desejos que nos meses críticos que nos esperam votem nas forças democráticas e antifascistas ( já repararam que a reacção deu a cara de Manuel Alegre ao menino e a minha a S. José? a provocação terá resposta...)

Manuel Alegre - comigo o presépio nunca mais será o mesmo, sou republicano, laico e poeta ( é o vento que passa...) comigo não se tocará na saúde ( grande apontaria ir a um hospital e nem sequer se encostar a uma parede...), nem no Estado Social, nas minhas competências, criarei as PTs que forem necessárias para que todos, sem diferenças ideológicas, ganhem o mesmo que o Barroso Soares ( isto é mesmo a maneira do Mário me lixar a candidatura...) mas fui um resistente, um socialista e bater-me -ei com toda a energia a bem do povo, contra os que antes do 25 de Abril iam fazer queixinhas à PIDE, eu pirei-me a tempo e fui para Paris ( onde tudo se passa) e depois para a Argélia onde fazia soar a minha voz contra as forças armadas portuguesas que...( o DVD deixa de se ouvir...)

Fernando Nobre - cócorocó, corococó...nunca mais apanho a galinhola, ordinária apanhou o pão do rapaz, vais já para a panela...córococó,corococó...ah, ai já está...portugueses, a minha candidatura resulta da fome do mundo, sei bem o que é o sofrimento e o medo e quero levar tudo isso para Belém, para que o presépio seja mesmo de pobreza e autêntico, sem carros, (tiro mesmo os cavalos à GNR...) e AMI ninguém dá lições de patriotismo. Bom Natal, embora ninguem acredite em tal coisa, com a miséria que vejo ali na AMI, até tive que libertar umas secretárias por causa das sopas...

Defensor de Moura - portugueses, não consegui deitar abaixo essa múmia e desastre nacional que é o prédio "Coutinho" em Viana, estive 30 anos numa luta sem quartel, mas a mim ninguem vence, vou para Belém e hei-de deitar aquilo abaixo, mesmo que tenha que aprovar o orçamento do Sócrates e do Passos Coelho (trrriiiiimmm...desculpem...estou? estou xim?...........ai é, ai ele é isso, então já sabe não sai agora sai daqui a dois meses sem indemnização...) desculpem, mais uma besta que não quer sair do "Coutinho" essa desgraça...mas onde é que eu ia,? ah, sim, Bom Natal (para aqueles gajos nem pó...só se for o pó do mostrengo a cair...)

O estrolabio agradece comovido tão sinceros desejos de Boas Festas (segue as assinaturas...)


publicado por Luis Moreira às 13:00
link do post | comentar


EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Gostaria de saber qual a fonte que define à doença...
evelinegonzales9@gmail.com emprestimo para pessoas...
Você precisa de um empréstimo de emergência? um em...
ASSISTÊNCIA AO INDIVÍDUO EM NECESSIDADE DE CRÉDITO...
Atenciosamente todo mundo meu nome é Kojonka Moe e...
Bom dia a todosMeu nome é Abiezer Petit Homme eu s...
Meu nome é João Francisco Luís De Melo eu sou do B...
Meu nome é Francisca Costa Flávia e eu sou do Rio ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Gonçalo Pereira Rüstem e eu sou do Bras...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

Debates presidenciais - C...

Candidatos enviam Boas fe...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links