Terça-feira, 29 de Março de 2011

Belcanto 1 -Enrico Caruso - por Carla Romualdo e Carlos Loures


BelCanto -1 

 

Enrico Caruso, o tenor italiano por muitos considerado o maior cantor lírico de sempre, nasceu em Nápoles em 25 de Fevereiro de 1873, morrendo na mesma cidade em 2 de Agosto de 1921. Foi também em Nápoles que iniciou a carreira, com apenas 21 anos, estreando-se com um repertório onde se incluíam as óperas de Puccini Fedora e La Fanciulla del West. Seria, no entanto, com interpretações como o Canio deI Pagliacci, de Leoncavallo, ou como o Radamés, em Aida, de Giuseppe Verdi que se tornaria internacionalmente famoso, actuando nos principais teatros do mundo. A singularidade das interpretações de Caruso assentou principalmente na emissão do agudo mais forte de que há registo. Foi dos primeiros cantores líricos a aceitar a então nova tecnologia do registo fonográfico.


 

 

La donna è mobile  do III acto de Rigoletto, de Giuseppe  Verdi é um dos temas mais conhecidos de toda a história da ópera e talvez o mais mais inserido no gosto popular. A ópera Rigoletto, com libreto de Francesco Maria Piave  inspirado na peça de teatro Le roi s'amuse, de Victor Hugo, foi estreada no teatro La Fenice de Veneza em Março de 1851. Em Portugal, a estreia fez-se no Teatro de São João, no Porto, em 1853 e, no ano seguinte, em Lisboa no Teatro de São Carlos.

 

Enrico Caruso, Giuseppe Verdi e La donna è mobile, iniciam esta nova série dedicada aos grandes intérpretes do universo lírico mundial.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Carlos Loures às 22:00
link | favorito
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Música romântica do Século XX - 21

Cuore 'ngrato (Catari), cantada pelo grande tenor napolitano Enrico Caruso (1873-1921) é sem dúvida a gravação mais antiga que até agora apresentámos. Ignoramos a data em que foi feita, mas terá sido em 1911 ou 1912.

Caruso foi dos primeiros cantores líricos a a utilizar a nova tecnologia de gravação de som em discos de cera e fez as primeiras 20 gravações em Milão, em 1895. Em 1903, foi para Nova Iorque e, no mesmo ano, realizou as gravações fonográficas pela Victor Talking Machine Company, antecessora da RCA-Victor.

Esta gravação que apresentamos foi recuperada e remasterizada, restituindo-nos, com qualidade, uma voz de há um século. O autor de Cuore 'ngrato (Coração ingrato), Salvatore Cardillo (1874–1947), compôs a canção em 1911 expressamente para Caruso. Há versões diversas: Franco Corelli, Mario Lanza, Placido Domingo, Luciano Pavarotti, Andrea Bocelli... Mas a de Caruso é única:

publicado por Carlos Loures às 01:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links