Terça-feira, 14 de Dezembro de 2010

Dicionário Bibliográfico das Origens do Pensamento Social em Portugal, por José Brandão, (60)

Textos Políticos


António Sérgio


Publicações Alfa, 1990

Injusto e perigoso seria, porém, fazermos de Sérgio um teórico desligado das realidades do poder político e da luta pelo seu exercício ou conquista. Porque este pedagogista não renunciou a fazer a experiência – curta é certo – do exercício do poder durante o regime republicano e a lutar denodadamente pelo derrube do poder autoritário da ditadura salazarista, ao longo de mais de três décadas. Atenção, porém: num caso como no outro, não era o poder – ou o seu exercício continuado – que lhe interessava, mas tão-só a possibilidade de contribuir para abrir caminho à mudança da mentalidade e à autogovernação do povo pela reforma do ensino como ministro da Instrução Pública no Governo de Álvaro de Castro em 1924, pela criação das condições mínimas de democracia política, como activo lutador contra a Ditadura, posteriormente.

__________________

Tipos e Factos da Lisboa do Meu Tempo
(1900-1974)

Calderon Dinis

Publicações Dom Quixote, 1986

Ao apresentar nas páginas deste álbum algo do que sucedeu em Lisboa em mais de metade deste século, não nos move fazer história, se não apenas citar, à maneira de crónica, aquilo que ouvimos contar por ainda estar próximo do nosso mundo de entendimento ou viemos a assistir e, graças a Deus, se manteve vivo nas nossas recordações.
Nados e criados em Lisboa, alfacinhas, portanto, vivendo por acaso no centro da cidade, foi-nos permitido observar muito do que dia a dia ia sucedendo. Daí não ser difícil conhecer o que de mais evidente ocorria e quantas vezes, espectacularmente, se projectava na vida nacional.
Germinou a ideia deste álbum ao desenharmos, sem grandes preocupações, a mulher da fava-rica que, no nosso tempo de criança, aparecia todas as manhãs a apregoar o belo manjar da gente pobre.

_____________________
publicado por Carlos Loures às 18:00
link | favorito
Quinta-feira, 14 de Outubro de 2010

Dicionário Bibliográfico das Origens do Pensamento Social em Portugal (6), por José Brandão

O Atraso Económico Português

(1850-1930)

Jaime Reis

Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1993

Os trabalhos que compõem este livro encontravam-se até aqui dispersos por diversas publicações, onde foram aparecendo ao longo de cerca de uma década. Não obedeceram, na sua feitura, a qualquer esquema prévio de investigação e muito menos pretendem constituir uma história económica de Portugal no período por eles abrangido. A sua recolha e publicação num volume parece, no entanto, justificar-se por mais do que o desejo de poupar ao leitor uma consulta por vezes difícil ou incómoda. Há uma unidade temática que os liga entre si, dando ao conjunto uma coerência que resulta não só de terem um âmbito claramente delimitado – a economia portuguesa da segunda metade do século XIX –, mas também de o fazerem com uma abordagem analítica comum, assente na quantificação das variáveis explicativas e nos pressupostos da «New Economic History».

________________


Breve História do Pensamento e das Lutas Sociais em Portugal


Edgar Rodrigues

Assírio & Alvim, s. d.


BREVE HISTÓRIA DO PENSAMENTO E DAS LUTAS SOCIAIS EM PORTUGAL» nasceu de uma pesquisa dificultada por inúmeros obstáculos.

Iniciada durante a ditadura, contou desde logo com a oposição da P. I. D. E., que, com ou sem motivo, impedia todas as iniciativas de fundo social.

A somar-se às inúmeras dificuldades que se antepunham às nossas intenções e objectivos, tivemos ainda a distância que nos separa das pessoas com quem podíamos colher informes, por temerem enviar pelo correio o pouco que possuíam, sem a certeza de chegar ao destino a salvo.

Por isso tínhamos consciência das limitações desta obra, escrita para revelar aspectos das lutas sociais fora de Portugal e abrir perspectivas futuras, servindo de roteiro aos historiadores.
_________________

Breve Interpretação da História de Portugal


António Sérgio

Livraria Sá da Costa, 1978

“A História de Portugal de António Sérgio veio a lume pela primeira vez em Espanha (1929), em tradução castelhana do Prof. Juan Moneva y Puyol, ...

O texto português que hoje publicamos é a transposição rigorosa de um original encontrado no espólio do Autor, sem data, e em que este havia alterado o título da obra para Breve Interpretação da História de Portugal.”

António Sérgio de Sousa, historiador, ensaísta, escrito, pedagogo, sátiro e crítico, aquando da proclamação da República, troca a carreira de oficial da marinha pela de intelectual. Assim, demite-se da Marinha, porque não quis servir nas Forças Armadas da República, dedicando-se antes à investigação das causas da “decadência portuguesa”. Contudo, refira-se que Sérgio nunca foi monárquico, nem republicano, inclinando-se antes para as ideias de esquerda.
___________________
publicado por Carlos Loures às 18:00
link | favorito
Terça-feira, 12 de Outubro de 2010

Dicionário Bibliográfico das Origens do Pensamento Social em Portugal (4), por José Brandão

António Sérgio Enciclopedista

Jacinto Baptista

Edições Colibri, 1997

Ao inventariar as contribuições de António Sérgio para a Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, Jacinto Baptista reuniu, ao longo de laboriosa investigação, mais de duas mil entradas, que abrangem diversos domínios.

Dado que estes textos denotam muito das próprias ideias de Sérgio, o autor acrescentou ao seu estudo uma breve antologia de algumas das entradas que lhe pareceram mais reveladores das concepções do grande ensaísta, obtendo, assim, como que um dicionário do pensamento sergiano.

Jacinto Baptista dedicou-se à investigação, entre outras, da obra de figuras proeminentes das nossas letras: Alexandre Herculano, Raul Proença, António Sérgio, sobretudo na sua vertente cívica e didáctica. Postumamente foi agraciado com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade.
_____________________

Arquivo Histórico-Social – 1 Catálogo

Vários

Lisboa, 1983

«Existe um inegável interesse científico e cultural em preservar documentação histórica referente à sociedade portuguesa contemporânea.

De entre os diferentes agentes dessa história social, o movimento operário e a ideologia libertária ocupam seguramente um lugar de muito destaque, desde o século XIX e provavelmente até à segunda guerra mundial. No período correspondente à primeira República e aos anos iniciais da ditadura militar e do Estado Novo, eles terão inclusivamente sido um dos factores decisivos do devir histórico da sociedade portuguesa.

É vontade dos promotores desta iniciativa proceder a uma urgente recolha, armazenagem e tratamento de todos os materiais e textos, iconografia, registos orais, etc., do movimento sindical de orientação anarco-sindicalista que culminou na Confederação Geral do Trabalho (CGT)».
________________


Arquivo Histórico-Social – 2

Catálogo

Vários

Lisboa, 1983


É este o segundo volume do Catálogo do Arquivo Histórico-Social que se põe em circulação pública, referente ao trabalho efectuado no Arquivo durante o ano de 1984.

No Catálogo anterior – relativo a 1982-83 – repertoriavam-se, essencialmente, as obras impressas monográficas já catalogadas, segundo um ordenamento ideográfico. Além disso, forneciam-se indicações sumárias sobre as publicações periódicas portuguesas, as características dos espólios e dos núcleos manuscritos, além de informação sobre o âmbito de acção e sistema de organização do próprio Arquivo.

Desta vez, incluiu-se, em primeiro lugar, o resto das obras monográficas classificadas que não tinham podido ser tratadas no ano anterior. Da mesma forma que no Catálogo precedente, o seu ordenamento é ideográfico.

___________________________
publicado por Carlos Loures às 18:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links