Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Cinzas desta eleição (Adão Cruz) (Ilustração de Adão Cruz)


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deu cabo deste país

Todo podre esburacado

E o povo ainda lhe diz

Sim Senhor muito obrigado.

 

Mais uma vez deu em nada

Nossa esperança e ilusão

Sempre a mesma cavacada

A escavacar a nação.

 

Foi tudo por água abaixo

S’alguma coisa inda houvesse

Só o povo fica sem tacho

Tem aquilo que merece.

 

Este povo é cegueta

Não vê nada para a frente

Não vai lá nem á marreta

Nem é povo nem é gente.

 

Não é povo nem é nada

Este rebanho dolente

Mesmo morto à paulada

Corre feliz e contente.

 

Nada mais tem a perder

A gente desta nação

Não vale a pena viver

Quando se perde a razão.

publicado por João Machado às 16:15
link | favorito
7 comentários:
De Inês Aguiar a 24 de Janeiro de 2011
E, quem assim rima tem talento,
e, quem assim escreve não é cego nem é gago!
Querido Adão, aqui fica um muito obrigado dos muitos que estão do teu lado!
Beijo, Inês
De augusta clara a 24 de Janeiro de 2011
A ilustração é que ficou na paleta do pintor. E é pena, a menos que seja a da árvore, outra vez :)
De CRomualdo a 24 de Janeiro de 2011
Excelente, vou partilhar!
De augusta clara a 24 de Janeiro de 2011
Tenho aqui um quadro tão bom para esse poema e o João não me responde.De certeza que o Adão concorda com a escolha. Eu também queria distribuir, mas com a pintura ia melhor.
De João Machado a 25 de Janeiro de 2011
Pois, é que o João trocou a mão. E também os olhos. Esqueceu-se de pôr o quadro que o Adão tinha designado para acompanhar os seus versos. Por tal pede desculpa, ao Adão em primeiro lugar, e depois a toda a malta. Anda atrapalhado com problemas estrolábicos e outros) e hoje saiu asneira. Compôs agora o erro. Augusta, manda o teu quadro, que o pomos noutra altura. Desculpem lá, oh gentes. Amanhã, repito a dose.
De Luis Moreira a 25 de Janeiro de 2011
João, não te amofines, é o "manager" que nos põe a trabalhar sem horário, o Rocha e eu já tivemos duas sessões de 5 horas cada, por causa das beiras...
De augusta clara a 25 de Janeiro de 2011
O meu quadro...é como quem diz, se eu soubesse pintar. Este era para enquadrares no poema se não tivesses outro.

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links