Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

A nossa encantadora Natureza 15 – Gralha-de-bico-vermelho (Pyrrhocorax pyrrhocorax) - por Andreia Dias

Andreia Dias

 

 

Quando pensamos em gralhas, rapidamente imaginamos uma ave vestida integralmente de negro. Mas nem todas as gralhas são assim… como o nome indica, a gralha-de-bico vermelho, possui o bico e as patas vermelhas… mas vermelhas mesmo!

 

Esta ave pertence à família Corvidae, que em Portugal é representada por 8 espécies: gaio, pega-azul, pega-rabuda, corvo, gralha-preta, gralha-de-nuca-cinzenta, gralha-calva e gralha-de-bico-vermelho.

A população mundial estende-se pela Ásia Central e Europa, e existem algumas populações fragmentadas em Marrocos, Algéria e Etiópia. Em Portugal, a distribuição é também muito fragmentada ocorrendo em 5 núcleos: Gerês, Alvão, Douro Internacional, Serra de Aire e Candeeiros e Sagres.

Regista-se um acentuado declínio continuado no número de indivíduos. As últimas estimativas revelaram uma redução de 50 a 80% da população portuguesa nos últimos 10 anos.

Nidifica em saliências de penhascos, precipícios ou em grutas, em cavidades e também por vezes, em reentrâncias de edifícios.

Alimenta-se de insectos, outros pequenos invertebrados e bagas no solo. É típico e apraz observar estas aves curiosas e saltitonas que usam o seu bico curvo para remexer o solo, levantar pedras e escarafunchar excrementos de animais à procura de alimento. Seria certamente uma ajuda preciosa a qualquer arqueólogo…

Barulhentas e brincalhonas, são dotadas de um carácter enérgico, muito típico dos corvídeos. Os bandos são envoltos nos seus sons metálicos e nos seus voos acrobáticos.

 

As principais ameaças prendem-se com o abandono agrícola e do pastoreio extensivo, que levam à perda de habitat de alimentação; o uso de produtos agro-químicos e ainda a perturbação humana exercida nas zonas de nidificação e de dormitórios.

Curiosidade: Os ninhos são ocupados pelos mesmos casais todos os anos e o casal mantém-se junto o ano inteiro, associando-se por vezes a outros indivíduos para formar pequenos bandos. Os juvenis apresentam o bico amarelo e mais curto do que os adultos.

publicado por Carlos Loures às 10:00

editado por Luis Moreira em 06/01/2011 às 20:47
link | favorito
4 comentários:
De adão ctuz a 7 de Janeiro de 2011
Gosto muito destes teus textos. Transportam-me sempre para uma natureza que eu adoro, que muito me atrai, e que sinto que me foi roubada. Um beijinho Andreia
De Andreia Dias a 7 de Janeiro de 2011
Obrigada! Um dia destes temos que combinar mostrar-lhe estas "naturezas" in loco, para matar saudades...
Um beijinho ;-)
De Luis Moreira a 7 de Janeiro de 2011
Anseio sempre a leitura destes textos da Andreia.
De augusta clara a 7 de Janeiro de 2011
Andreia, ainda não tinha tido tempo de vir cá dar-te um beijinho. Ainda bem que hoje são aves. Eu gostava de ter asas. Como deve ser bom ver o mundo lá de cima.

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links