Domingo, 12 de Dezembro de 2010

Direcção de João Machado







Os gatos que nos aceitam - III

Clara Castilho


a) Literatura

O sorriso mais célebre da história literária felina: suspenso entre o céu e a terra, sobre o ramo de uma árvore, o gato de Chesshire que aparece e desaparece à sua vontade – uma invenção de Lewis Carrol em “Alice no País das Maravilhas!.

Foi inventado a partir de um bibelot vendido na região de Chesire, com a forma e um cão muito triste. : Lewis Carrooll constrói um gato que tem um sorriso de orelha a orelha. Carrol irá tratá-lo com um banho de nitratos que o fará aparecer e desaparecer diante de Alice como a imagem fotográfica da chapa para o papel - começa a desaparecer pela ponta do rabo até ao momento em que ficará na imagem só o sorriso do gato.

Não esqueçamos que Carrol foi um fotógrafo que captou em celulóide as Alices amadas.

- “Gatinho de Cheshire, podes dizer-me, se fazes favor, por que caminho devo andar para sair daqui?”
- “Isso tem muito a ver com o sítio aonde quiseres chegar” – disse o Gato.
- “Qualquer lado” – disse Alice.
- “Nesse caso não o importa o caminho que andares”- retorquiu o Gato.
- Desde que me leve a qualquer parte” – juntou Alice explicando.
- “Oh! Podes ter a certeza disse” – respondeu o Gato – “se andares o suficiente”.
----
-“E como é que tu sabes que és maluco?”….
- “Pois bem” – continuou o Gato – “Sabes que um cão rosna quando está zangado e dá ao rabo quando está contente. Ora, eu rosno quando estou contente e dou ao rabo quando me zango. Logo, sou maluco!”.
- “Mas, isso chamo eu ronronar e não rosnar” – disse Alice.
- “Chama-lhe o que tu quiseres”- respondeu o Gato – “Vais jogar hoje croquet com a Rainha?”



- “Gostava muito” – disse Alice – “mas ainda não fui convidada”.
- “Lá nos havemos de ver!” – disse o Gato, e desapareceu.


b) Informações

O gato é uma das 40 espécies de felinos que actualmente existem em todo o mundo
Ocupa várias horas por dia lambendo-se protegendo-se assim da sujidade e das doenças. Com a pata humedecida em saliva limpa lugares onde não chega directamente com a língua.
Quando o gato se estende ao sol produz vitamina D através da acção solar sobre a sua pele. Ao lamber-se depois de ter estado ao sol ingere uma boa parte da vitamina produzida.


Picasso


c) Provérbios

Todos os pardais morreriam, se o gato tivesse asas - Provérbio dinamarquês
Os sonhos dos gatos são povoados de sorrisos - Provérbio árabe
O gato mordido por uma serpente de uma corda tem medo - Provérbio árabe







publicado por Carlos Loures às 23:55
link | favorito
1 comentário:
De Luis Moreira a 13 de Dezembro de 2010
É mesmo bonito. Não me importava nada de ser ouvinte destas histórias de gatos.Vou preparar-me para contar à minha neta Beatriz.

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links