Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Suscitar a reflexão

António Mão de Ferro


A necessidade de saber e a curiosidade são características do ser humano. Senão houvesse desejo de saber, a aprendizagem seria mais difícil. Quando as explicações dadas pelos sistemas de ensino não suscitam questões, quando tudo parece muito claro, quando não há o desejo de fazer perguntas, as coisas tornam-se aborrecidas.

A reflexão surge mais facilmente quando se sente a necessidade de dar respostas. Suscitar essa necessidade é dar um objectivo às sessões de formação. Para que isso aconteça torna-se necessário que as teorias tenham relação com o trabalho desenvolvido. Quando se fizer a analogia das teorias com os problemas surgidos nas organizações, facilmente as pessoas terão vontade de pôr questões e aprofundar melhor os assuntos.

É  por isso fundamental que a formação se apoie em actividades que estimulem o pensamento e a troca de ideias com interesse para a prática do participante. Quando se abordam assuntos que fazem sair as pessoas das suas zonas de conforto, podem surgir conflitos e discussões mais acaloradas. Se isso acontecer, cabe ao formador a responsabilidade de as transformar em momentos que ajudem o grupo a crescer, procurando sempre que a troca de pontos de vista, não se tornem num inferno, com insultos e zangas entre os participantes, pois isso perturba o equilibrio das pessoas e o funcionamento das equipas.

Os pontos a tratar devem fazer sentido, para que as conversas não se tornem estéreis. O adulto gosta que lhe exijam mas que a exigência seja realista. Quando isso não acontece fecha-se na “concha”, não se expõe e pode mesmo tornar-se num contestatário

É importante que a aprendizagem se desenvolva de acordo com a realidade objectiva em que o grupo actua ou realiza a sua acção. Se isso acontecer e o participante mais facilmente reconhecerá que os conhecimentos adquiridos contribuem para o sucesso da sua actividade, a formação tornar-se-á mais credível e haverá um maior desejo de reflectir.
publicado por Carlos Loures às 22:30
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links