Quarta-feira, 16 de Junho de 2010

A China e a India exportam para onde?


Luís Moreira

A China e a India têm aumentos do PIB a roçar os 10%, porque as suas economias assentam no lado da oferta, baixos salários, nenhuns ou baixíssimos apoios sociais, não têm consumo interno.Estão virados para a exportação para a rica Europa e Estados Unidos.Acontece que estes dois deixaram de ser ricos, não compram, a China, A India e outros países com a taxa do PIB a crescer a dois dígitos vão ter que desenvolver o mercado interno.O Brasil está no rol, nos últimos dez anos tirou 40 milhões de pessoas da pobreza.

Só os mercados internos da China e da India, se e com capacidade de compra eram suficientes para dar um piparote na crise mundial, e arrastar as economias não só dos países desenvolvidos mas tambem de muitos países em desenvolvimento.Acontece que isso tambem levanta problemas. Desde logo uma corrida às matérias primas e consequente aumento de preço, lá se vão as jeanes a cinco euros...

Depois povos com as necessidades essenciais resolvias começam a pensar em coisas perigosas como sejam a cultura e o conhecimento e isso leva a problemas sociais e políticos...

A Europa e os Estados Unidos têm que travar de vez a "bolha financeira" que não corresponde à economia, isto é, não representa a riqueza criada e deixar de vez de acreditar piamente, naquela máxima: "dá o teu dinheiro aos bancos que eles sabem melhor do que ninguem onde aplicá-lo" porque como se vê é falso!

Podemos e devemos queixar-nos mas a verdade é que fomos nós, pessoas, que achamos possível ganhar cada vez mais, que os bancos nos davam cada vez mais dinheiro na remuneração dos nossos depósitos, que andamos a comprar sapatilhas a um euro,(assente na exploração do dumping social) como se tudo isto fosse natural e sustentável.

Não é!
tags: ,
publicado por Luis Moreira às 13:30
link | favorito
4 comentários:
De clara castilho a 16 de Junho de 2010
Helas! Cada vez que compramos produtos fabricados nesses países, pensando na rentabilização do nosso parco ordenado, estamos de facto a contribuir... Mesmo que vá a lojas mais "chiques", acabo por notar na etiqueta "made in India". Se eu não os comprar vou ajudar nalguma coisa ? Devo só comprar produtos nacionais? Dúvidas? Nem tanto, acabamos por comprar o mais barato...À custa do futuro, eventualmente. Mas disto nada sei.
Clara Castilho
De Anónimo a 16 de Junho de 2010
Ajudamos à nova escravidão. trabalhadores sem direitos e sem apoios socias que custam dinheiro.Por isso é que os jeanes são a 5 euros.É a maravilha da globalização e dos mercados sem regulação e sem ética.
De Luis Moreira a 16 de Junho de 2010
O anónimo sou eu, o Luis Moreira
De carlos loures a 17 de Junho de 2010
Boa, Luís! Com essa técnica, não ias longe na clandestinidade.

Por uma questão de princípio, não compro nas lojas chinesas. Mas não ganho nada com isso - continuam a abrir e a expandir os negócios. Produtos indianos, idem - no meu boicote e na sua inutilidade.

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links