Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

Comentário do Professor Raúl Iturra ao comentário de Luís Moreira

O comentário de Luís Moreira parece-me bem escrito e como deve ser. O que é como deve ser? Fugir dos ataques aos docentes que deviam entregar um relatório por dia, e reuniões que nunca mais acabavam. No seu minuto, e no Estrolabio, publiquei também uma crítica, que se o nosso gestor quiser, podia fornecer ao Luís Moreira. Não há arte mais difícil que a de ensinar e e Socióloga Engenheira andou por ruas que nem deviam ser pisadas. Um docente é para ensinar e não para dar conta do seu trabalho diariamente. Ensinar é pesado, o ministério também. Ninguém lê Paulo Freire para saber o duro do oficio e os contornos que tem. Reparem, é entrar numa mente aberta que ainda nada tem na cabeça e é ai onde o docente deve concentrar-se. A burocracia escolar não dá tempo aos docentes para aprender ciência nova e a transferir com palavras simples. No meu ver, a proposta é arrogante e para doutores e os pequenos não conhecem a o nem por redonda que ela é, menos ainda. As novas oportunidades nunca foram explicitadas, como iam os docentes usar? Introduzir profissões no segundo ciclo, é dividir a sociedade em amos e escravos. Parece-me bem que se faça, mas ao acabar o secundário completo, que, se não se aprende mais ciência, empurra ao estudante a ser operário, ficando o saber para os ricos. A minha critica é dura porque o programa é classista, o que o recenseador não refere. Parece-me mal não ir ao fundo da questão e reparar que se a sociedade já está dividida conforme as entradas económicas do lar, a torna ainda um sítio para entontecer ao aprendiz de feiticeiro. Na Inglaterra e nos EUA tem bom resultado, porque há dinheiro para pagar. Transferir do ensino privado para o público, é um risco destemido que não deve acontecer. Maria de Lurdes, comigo tornou a chumbar....
publicado por Carlos Loures às 19:28
link | favorito
1 comentário:
De Luis Moreira a 2 de Julho de 2010
A educação em Portugal tem que ter responsáveis e esses só podem ser os professores, os alunos e a organização chamada escola. Sem isso, o que temos são os burocratas do ministério e dos sindicatos que precisam uns dos outros. Não são adversários, uns não vivem sem os outros e a escola é só um recreio onde aplicam as suas brilhantes ideias...

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links