Quinta-feira, 16 de Junho de 2011

Informação diária de Eurointelligence - 16.06.2011

A ameaças das primeiras bombas sobre a Europa começa a levantar-se na própria Europa e já não era sem tempo. Leia as informações do dia sobre a economia e sobre  os mercados financeiros da União Europeia .

Coimbra, 16 de Junho de 2011

Júlio Mota

 

 

 

• George Papandreou dispõe-se a apresentar a sua demissão, mas as negociações para formar uma grande coligação falharam no meio de críticas mútuas

  •  O primeiro-ministro grego procura agora um voto de confiança do Parlamento, o que poderá    abrir a possibilidade para  novas eleições;
  • O  ministro das finanças oferece  algumas concessões nos aumentos dos  impostos;
  • Especula-se sobre a hipótese de que  Lucas Papademos poderá tornar-se  o próximo ministro das Finanças grego, como parte de uma reorganização mais ampla do governo;

•  A crise política grega ocorre  no dia em que dezenas de milhares de manifestantes desceram às ruas em Atenas;


•  O ministro das Finanças irlandês diz agora que deseja  acabar com os obrigações séniores segurizadas;


• Como os ministros das Finanças discutem o envolvimento do sector privado, os irlandeses parecem ter concluído que este era um bom momento para levantar a questão;


• Ontem houve também violentas manifestações contra as políticas de austeridade  em Barcelona;


• Os  rendimentos de títulos espanhóis dispararam ontem, entre sinais  de que a crise está a espalhar-se;


• A imprensa alemã sugere que a UE poderia adiar a sua decisão sobre um segundo empréstimo à Grécia para depois das férias de Verão;


• O governo  alemão ainda continua a  insistir  no envolvimento do sector privado antes da cimeira da manhã entre  Angela Merkel  e  e Nicolas Sarkozy ;

 


• Fitch diz que uma Iniciativa tipo da  Viena será considerada como "uma situação de incumprimento restrita", ou seja Restrictive default, continuando os títulos a serem notados como DDD.


• Os franceses estão preocupados com o estado das relações franco‑alemãs;


• O FEEF emitiu a sua segunda emissão de obrigações;


• O comissário responsável pelo  orçamento da UE diz  que a não aprovação  do orçamento iria ameaçar a integração europeia;


• o euro, entretanto, caiu  3 centavos no meio de todo este caos.

 

Nota:  A  classificação recentemente introduzidas de "RD" (restrictive  Default ) é descrita na classificação da agência de rating Fitch  como sendo  a notação que  esta atribui a um emitente (incluindo soberanos) nos casos em que o emitente é considerado em situação de incumprimento numa   ou mais das suas obrigações financeiras, embora continue a cumprir as restantes obrigações.

 

Este foi um grande dia para a Irlanda  atirar a sua própria bomba. Numa  entrevista à televisão irlandesa RTE, o ministro das Finanças, Michael Noonan,  disse  que a Irlanda  irá propor um  plano para impor grandes perdas nalguns  detentores de  títulos  seniores  sobre o Banco Anglo Irish Bank e sobre o Irish Nationwide Building Society. O ministro afirmou   que estava à procura de apoio dos detentores de obrigações seniores   ", porque consideramos  que o contribuinte irlandês não deve ter que pagar para resgatar o que se tornou um  investimento especulativo. Eu não acho que  estes investimentos especulativos tenham que ser  resgatados. " O ministro também deu a entender que a mudança  de Jean-Claude Trichet para Mario Draghi  no BCE pode tornar mais fácil para a Irlanda  convencer  o BCE. . Aparentemente ele não tem o apoio  do FMI. Quando se lhe  perguntou  se o FMI estava de acordo  com esta sua posição, o ministro respondeu : "Eu tenho a ideia de que eles entenderam a nossa posição completamente."

 

Há a ameaça de risco da Irlanda  executar  um corte da sua dívida soberana  sobre os detentores de obrigações seniores


BreakingViews escreve que Michael Noonan, escolheu um momento de alto risco  para encenar um ataque  sobre os credores dos bancos. O movimento é um desafio directo ao Banco Central Europeu. Continuará igualmente a ameaçar os mercados já assustados  por se estar já falar de uma reestruturação da dívida grega. "A Irlanda anteriormente evitou  falar em reduções da dívida   sobre as obrigações   séniores  dos bancos devido à oposição do BCE, o seu principal credor. Pode ser que que o forte conflito público da Alemanha com o BCE tenha dado ao  governo irlandês a confiança necessária para tomar uma posição. Alternativamente, Dublin poderá  estar a jogar  um jogo de grandes  apostas de  poker para obter uma taxa de juro reduzida no seu  próprio resgate, enquanto preserva  o seu regime fiscal vantajoso para as grandes empresas.

 

Crise difunde-se em Espanha: violentas demonstrações em  Barcelona

 

Um aspecto da crise que já se espalhou por toda a Espanha são os protestos violentos nas ruas. A primeira página  do El Pais, desta manhã não era sobre a crise, mas sim sobre as violentas manifestações em frente ao Parlamento da Catalunha, em Barcelona, ​​onde manifestantes tentaram bloquear a entrada dos  parlamentares. O jornal afirma  que o Presidente do Parlamento regional teve que ser deslocado  por  um helicóptero. O  mesmo jornal afirma  que os protestos foram dos  mais violentos desde a restauração da democracia.
 
El Pais está preocupado com a crise que se estende por toda a Espanha, onde os spreads dos títulos da dívida subiram para 260 pontos base, ou seja, perto do ponto mais  alto  de todos os tempos. Enquanto a crise se degrada , a UE movimenta-se ao seu próprio ritmo. Todos concordam que a Grécia não deve entrar em colapso, mas ninguém realmente sabe como é que isso se consegue alcançar. O artigo cita um analista espanhol que diz  que todo o mundo está centrado na  política da crise na Alemanha e na Finlândia, mas ninguém pensou na política grega.

 

Os investidores estão a apostar num  acidente


O Financial Times escreve esta manhã que os investidores estão a apostar  contra um grande acidente, no meio de  sinais de elevadas compras especulativas a  um ano  de CDS, os credit default swaps, que seria accionado no caso de um evento de crédito  "desordenado". Isso faz-se   não porque haja  vários esquemas  em discussão pelos ministros das Finanças. Mesmo o plano Merkel / Schäuble não se qualificaria como um evento de crédito sob esta  definição. Isto significa que os investidores estão a apostar numa desordem  onde se estabeça uma situação de incumprimento em que se  diga e se faça " não posso pagar”  nós “não vamos pagar” . O artigo diz que os investidores só tinha colocado uma pequena quantidade de dinheiro nesses fundos ", mas o simples facto de que eles estão o estão a fazer ilustra  os riscos crescentes para a zona euro."

 

Os spreads sobre os títulos da dívida grega,  os portugueses e os  irlandeses subiram dramaticamente .

 

 

Previous Day Close

Yesterday’s Close

This morning

France

0.339

0.362

0.363

Italy

1.755

1.829

1.855

Spain

2.461

2.604

2.591

Portugal

8.329

8.458

8.417

Greece

14.581

15.113

15.28

Ireland

8.407

8.675

8.928

Belgium

1.125

1.185

1.174

Bund Yields

3.245

2.959

2.933

 

 

publicado por João Machado às 12:30
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links