Segunda-feira, 2 de Maio de 2011

Estes iluminados não se enxergam - por Luis Moreira

Reuniram-se com o sugestivo nome de "Mais Sociedade" o que à partida é mesmo o que precisamos. Entre conclaves iam deixando cair umas medidas avulso nenhuma a primar pela originalidade, mas ter gente a pensar é reconfortante, digo eu...

 

Estava eu nesta esperança, quando aparecem dois senhores que eu até prezo, na televisão, a dizerem como se tivessem descoberto a roda: "devemos descontar na pensão os subsídios de desemprego já pagos". Dito de outro modo, não há subsídio de desemprego, pode é haver um adiantamento da pensão!

 

O Dr. Carrapatoso e o Prof João Duque sabem muito mais do que isto, até sabem que uma medida destas só se aplica aos mais fracos e pobres porque os que ganham mais não caem no desemprego. Há gentalha que ganha pensão do estado a que soma as pensões das empresas que são do estado e alguns, para arredondar o fim do mês, até têm um vencimento do mesmo estado que já lhes paga as pensões, mas esses são muito poucos não influenciam as contas.

 

Quem é que explica a estes dois crâneos que a questão é ética ? Que sem ética nunca ninguém aceitará fazer sacrifícios, que haverá sempre gente a fugir ao Fisco, dinheiro a esconder-se nos off shores e uma economia paralela que ninguém controla? Não percebem que recuperam , injustamente de um lado e perdem muito mais pelo outro?

 

E, a seguir vamos ao Serviço Nacional de Saúde? Por exemplo obrigar todos os utentes a pagarem uma apólice de seguro para assim terem acesso aos hospitais. Também aqui não se percebe que num país já tão pobre e tão injusto essa medida aprofunda as desigualdades? E se fosse ao contrário? Todos os que já têm apólices de seguro accionariam a apólice tanto quando vão ao hospital privado como ao público? Não se percebe que, accionando a apólice apenas no privado, o beneficiário é a companhia de seguros e não o utente? E os casos dificeis serão empurrados para o SNS?

 

As medidas políticas têm que ter em conta o país, a pobreza, as desigualdades. O que é aceitável num país é um opóbrio noutro!

 

Eu sou dos que considero que o estado em Portugal chegou a uma dimensão e a uma falta de eficácia que explica muito do atraso a que estamos votados, precisamos de mais cidadania, mais iniciativa privada, desenvolver a agricultura vergonhosamente trocada por autoestradas e o mar e as pescas criminosamente trocados por dinheiro que desapareceu nos bolsos de uns quantos, mas não podemos fazer o que é preciso ser feito à custa dos mesmos 20% de pobres que são a nossa vergonha!

 

Assim, não, assim não contem comigo!

publicado por Luis Moreira às 13:00
link | favorito
4 comentários:
De João Mateus a 2 de Maio de 2011
Isto sem contar que parece que ninguém disse a estes senhores que a Taxa Social Única, absorveu, entre outras coisas, um antigo "seguro" de desemprego, o Fundo de Desemprego!
De Luis Moreira a 2 de Maio de 2011
Para saírem com uma indecência destas não precisam de pensar muito...
De Inês Aguiar a 2 de Maio de 2011
Amigo Luís, conta comigo para esse, Não, ao pensamento
iluminado destes senhores cuja visão é tão estreita e tão curta.
Sempre acreditei que os iluminados teriam a humildade e a capacidade real de merecerem os seus espaços na sociedade sem terem que recorrer a estratagemas que ofendem o livre pensador.
Gostei muito do teu texto, conta comigo e um beijo anónimo.
De Luis Moreira a 2 de Maio de 2011
Obrigado, Inês. Já chega de fazerem de nós parvos.

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links