Quinta-feira, 31 de Março de 2011

"Abandonar o capitalismo" (José Luís Sampedro) – por Carlos Loures

 

 

Falei ontem aqui sobre José Luis Sampedro e, como, tendo já ouvido referir o seu nome, nunca lera nada de sua autoria. Contei também

 

como, numa noite do ano de 1993 (creio que no Inverno, pois fazia frio e chovia), comprei La sonrisa etrusca num quiosque das Ramblas, mais ou menos em frente ao Teatre del Liceu - sei o ano porque tenho o hábito de

escrever nos meus livros,adiante do nome, o ano de compra. Contei  ainda como fiquei preso pela leitura de uma história simples, mas fascinante – o amor como maneira de vencer a morte.

 

Além deste romance, Sampedro tem cerca de uma dúzia de outras obras de ficção, das quais li El caballo desnudo (1970), e Mientras la tierra gira (1993), além do ensaio Escribir es vivir (2003). Porém, a minha

 maior surpresa foi a leitura de textos seus não ficcionísticos ou literários, de Economia, se assim se pode dizer,  em que defende abertamente o derrube do capitalismo. Sabendo que durante a Guerra Civil lutou no exército franquista, supunha que a sua ideologia estaria em conformidade com esse pormenor da sua biografia. Estava enganado.

 

Deixo-vos com uma entrevista onde afirma que a saída para a actual crise global é abandonar o capitalismo. Exactamente o que penso há muito tempo, pelo que me parece inútil criticar o sistema no sentido de o melhorar.

 

 O capitalismo que tem as suas raízes na queda do feudalismo, no Renascimento, portanto, parece ter chegado até onde lhe era possível. Precisamos de o substituir. Substituí-lo por que sistema? Eis uma discussão que merece a pena  levarmos a cabo.

 

Para já, deixo-vos com o valioso contributo de José Luis Sampedro:

 


 

publicado por Carlos Loures às 12:00
link | comentar | favorito
1 comentário:
De Fraga a 31 de Março de 2011
Não conheço a obra de Sampedro nem a ideologia que entretanto professa. Mas mesmo que se tenha mantido fascista de 1939 para cá, não me espanta a denúncia do capitalismo. A existência de um pensamento anticapitalista é uma constante nos movimentos fascistas, se analisarmos a evolução histórica. O próprio programa do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP), definido, quando o Hitler agarrou na direcção do Partido dos Trabalhadores Alemães (DAP) e o transformou em NSPAP, continha sobretudo elementos socializantes. É claro de Hitler os atraiçoou usando-os apenas como propaganda para a conquista do Poder. Eleminou, mais tarde a "ala esquerda do Partido", liderada pelos manos Strasser e da qual Goebels (esse mesmo) também chegou a fazer parte...
O anticapitalismo e não é um monopólio da esquerda. O próprio fascismo italiano teve aspectos ditos "progressistas"... e até em Portugal houve o tal movimento nacional sindicalista.
Um dos problemas da esquerda tem sido o ignorar essa realidade. Crendo-se como única representante das massas trabalhadoras, tramou-se quando foi combatida pelos fascistas dentro do seu próprio território.

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Eles são um grupo excepcional e bem estabelecido d...
Eles são um grupo excepcional e bem estabelecido d...
Eles são um grupo excepcional e bem estabelecido d...
VOCÊ ESTÁ PROCURANDO HACKERS ON-LINE? AMIGOS SE DE...
VOCÊ PROCURA UM HACKER ONLINE ENTÃO CONTACT = UNLI...
VOCÊ PROCURA UM HACKER ONLINE ENTÃO CONTACT = UNLI...
Olá, você precisa de algum serviço de hacking? SO ...
VOCÊ PROCURA UM HACKER ONLINE ENTÃO CONTACT = UNLI...
VOCÊ PROCURA UM HACKER ONLINE ENTÃO CONTACT = UNLI...
se você precisa de um serviço de hacking genuíno e...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links