Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

Hoje fazem anos

 

Luís Rocha

 

O Jornal “Público” todos os dias publica no destacável “P2” uma página a que chama “Pessoas”.

 

Hoje 10 de Fevereiro de 2010, noticia que hoje fazem anos:

Florbela Queiroz, actriz; Fernando Chalana, ex-futebolista; António Ferrão “Toy”, músico; Robert Wagner, actor; Roberta Flack, cantora; Marc Spitz, antigo nadador; Laura Dern, actriz.

 

Todas são figuras nacionais ou mundialmente conhecidas (umas mais outras menos) e são uma selecção feita pelo jornal. O cidadão comum não passa por esta ou qualquer escolha de outro jornal ou meio de comunicação, por que não é figura pública.

 

E hoje, tal como todos os dias, fazem anos milhões de cidadãos do mundo, entre os quais o meu amigo Luís Moreira.

 

Conhecemo-nos há 60 anos e, por força dos nomes que os nossos pais nos deram, ficámos sempre juntos desde a instrução primária. Os alunos eram dispostos na sala de aula por ordem alfabética e os nossos nomes são: Luís Augusto (Rocha) e Luís Couto (Moreira). Nunca, durante o nosso percurso académico, apareceu um Luís Bernardo ou qualquer outro com o 2º nome começado por B (nem mesmo um Luís Carlos).

 

Ao longo destes anos partilhamos as alegrias da juventude, as aventuras da adolescência, o nascimento dos nossos filhos, as vivências da idade adulta e agora (já avós) a desfrutar da aprendizagem que a vida nos deu e continua a dar, como base numa relação sã e sólida que só é possível pelo grande respeito e orgulho que sempre tivemos pela nossa amizade.

 

Muito haveria para contar sobre este jovem que hoje faz anos. Ainda a semana passada em conversa com ele e o João Machado e falando sobre cinema, recordei uma situação interessante relacionada com o facto de ele com 12 anos ver filmes que eram para maiores de 14 anos (na altura). Ele era muito alto e por isso os porteiros nunca lhe perguntavam a idade. No dia seguinte, a caminho da Escola (as aulas começavam ás 8:30 h) ele contava-me o filme, representando até algumas cenas.

 

Na sequência dessa conversa (cinema) evocámos também uma lembrança, já de adolescentes, quando começámos a ver os filmes do cineasta sueco Ingmar Bergman e que em determinado filme, cujo nome não recordamos, demos conta de que no final estávamos sozinhos na sala. As pessoas tinham saído aos poucos sem nos termos apercebido.

A força das imagens a preto e branco, grandes planos dos autores e das suas expressões, os sons naturais e os diálogos legendados, absorviam-nos de tal modo que nos abstraíamos do meio envolvente. No final falávamos bastante do filme e sobre a forma como cada um tinha visto e interpretado o mesmo. Ainda hoje fazemos isso.

 

Por coincidência o “Publico” noticia que começa hoje (10 de Fevereiro) a 61ª edição do Festival de Berlim com uma retrospectiva integral dos filmes de Ingmar Bergman.

Filmes na retrospectiva:

Secção artista: A adaptação da Flauta Mágica de Mozart (1975), O Rosto, Sorrisos de uma noite de verão, Morangos Silvestres ou a Hora do Lobo;

Secção Fé: O Sétimo selo, A fonte da Virgem, Em busca da verdade, o Olho do diabo (1960) ou O Silêncio (1963);

Secção Relações: Lágrimas e suspiros, Cenas da vida conjugal (1973) Saraband, Da vida das marionetas (1980) ou Sonata de Outono (1978);

Secção Vida e Obra: Fanny e Alexander, A máscara (1966), O Ovo da Serpente (1977), Paixão (1969) ou Vergonha (1968)

 

Tanto quanto me lembro eu e o Luís Moreira vimos: Morangos Silvestres, A fonte da Virgem, O Sétimo selo, o Olho do diabo, A máscara, O Ovo da Serpente, Paixão e O Silêncio (julgo ser um destes o filme cuja cena refiro de termos ficado sozinhos na sala).

Hoje faz anos Luís Moreira (cidadão do mundo). A ele dedico a memória da cena de um dos filmes que vimos juntos de Ingmar Bergman.

 

 

publicado por siuljeronimo às 13:15
link | favorito
11 comentários:
De augusta clara a 10 de Fevereiro de 2011
E eu apostava que fui a primeira pessoa deste blog a dar-lhe os parabéns. Se não fui a primeira, fui a segunda ou a terceira. E dou outra vez: "Parabéns a você, nesta data querida, pr'ó menino Luís muitos anos de vida", trálará trálará ..
De Luis Moreira a 10 de Fevereiro de 2011
Obrigado, irmão. Como sabes passei mais tempo junto de ti do que com qualquer outra pessoa, és meu irmão, escolhido por mim. E meu amigo. E a tua mãe natural foi a mãe que me faltou. Levava lanche para os dois.Obrigado pela tua amizade, e um grande abraço
De Carlos Loures a 10 de Fevereiro de 2011
Luís Rocha, esqueceste-te da Augusta Clara - faz anos também. parabéns para ela, para o Luís Moreira e, já agora, para o Chalana. A propósito - a canção americana com a letra brazuca, deve ser um dos motivos por que eu não gosto de aniversários - do meu, esqueço-me sempre. Porém, mal ligo o computador, lá estão as malditas mensagens a lembra-me de que tenho mais um ano (ou seja, menos um ano).
De augusta clara a 10 de Fevereiro de 2011
Não é hoje. Fiz anos no domingo, dia 6.
De ethel feldman a 10 de Fevereiro de 2011
Parabéns a esses amigos que leio diariamente.
Beijos mil - todos sem fim
De augusta clara a 10 de Fevereiro de 2011
Pela minha parte, obrigada Ethel . Gostava de saber qual é o teu dia. Afinal é o dia em que viemos ao mundo e, apesar dele não andar nada bem (nunca andou), viver ainda vale a pena. Tem que haver um pouco de colorido nas nossas vidas, não só razão seca e baça.
De ethel feldman a 10 de Fevereiro de 2011
Eu gosto de celebrar o abraço apertado de um amigo, o sorriso partilhado e por fim o que me permite festejar estas pequenas coisas - a data do meu aniversário e de todos os outros. Faço longe ( 11 de Outubro).
Vamos ter muito tempo, até lá, de darmos um abraço abraçado. :-)
De augusta clara a 10 de Fevereiro de 2011
Temos que organizar a lista das datas.
De augusta clara a 10 de Fevereiro de 2011
Disseram-me que a Maria Monteiro também faz anos hoje. Então, muitos parabéns!
De maria monteiro a 11 de Fevereiro de 2011
E que bom que é fazer anos. Obrigada e também parabéns
De augusta clara a 11 de Fevereiro de 2011
Obrigada :-)

Comentar post

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links