Domingo, 6 de Fevereiro de 2011

Miguel Hernandez - poeta espanhol da Geração de 27 - por Carlos Loures

Carlos Loures

 

 

 

 

Miguel Hernández (Orihuela, 1910 - Alicante, 1942), foi um grande poeta espanhol da chamada Geração de 27. De notar que neste grupo de poetas, assim chamado por se ter dado a conhecer em 1927, quando da homenagem ao poeta Luis de Góngora no Ateneu de Sevilha – são dez os geralmente considerados: Jorge Guillén, Pedro Salinas, Rafael Alberti, Federico García Lorca, Dámaso Alonso, Gerardo Diego, Luis Cernuda, Vicente Aleixandre, Manuel Altolaguirre e Emilio Prados. No entanto, muitos outros escritores, romancistas, dramaturgos, ensaístas, são integrados nesta Geração – Max Aub e Miguel Hernández, entre eles.

 

Nascido numa humilde família de camponeses, Miguel foi pastor de cabras e apenas teve acesso ao ensino elementar, pelo que a sua formação foi autodidáctica. Leu e estudou clássicos como Garcilaso de la Vega e Luis de Góngora. Mas não descurou a leitura de contemporâneos como Rúben Darío e Antonio Machado. Tinha vinte e quatro anos quando foi a Madrid conhecendo Vicente Aleixandre e Pablo Neruda. Com o poeta chileno fundou a revista Caballo Verde para la Poesía. As ideias marxistas de Neruda influenciaram profundamente o jovem.

Miguel era católico, mas o contacto com poetas revolucionários como Neruda desencadearam a evolução ideológica que o levaria a afastar-se da Igreja e a assumir posições políticas de esquerda. O triunfo da Frente Popular, catalisou as suas convicções marxistas. Quando a Guerra eclodiu, alistou-se no exército republicano. Deu numerosos recitais na frente de combate. Após a vitória franquista, foi condenado à morte. A pena foi comutada posteriormente em trinta anos de prisão. Miguel não resistiu, no entanto, às duras condições carcerárias – contraiu uma tuberculose e morreu em 1942.

Num concerto de homenagem a Miguel Hernández, realizado anteontem no Auditório Nacional da cidade do México, perante dez mil pessoas, Joan Manuel Serrat interpretou diversas canções com versos do grande poetas. Não temos ainda registo desse concerto. Mas eis uma das canções:

 

 

 

 

publicado por Carlos Loures às 12:00
link | favorito

.Páginas

Página inicial
Editorial

.Carta aberta de Júlio Marques Mota aos líderes parlamentares

Carta aberta

.Dia de Lisboa - 24 horas inteiramente dedicadas à cidade de Lisboa

Dia de Lisboa

.Contacte-nos

estrolabio(at)gmail.com

.últ. comentários

Transcrevi este artigo n'A Viagem dos Argonautas, ...
Sou natural duma aldeia muito perto de sta Maria d...
tudo treta...nem cristovao,nem europeu nenhum desc...
Boa tarde Marcos CruzQuantos números foram editado...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Conheci hackers profissionais além da imaginação h...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Esses grupos de CYBER GURUS ajudaram minha família...
Eles são um conjunto sofisticado e irrestrito de h...
Esse grupo de gurus cibernéticos ajudou minha famí...

.Livros


sugestão: revista arqa #84/85

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.links