Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010
São mortas as flores que nascem amarelas...
Eva Cruz
Bertrand Russell compara a vida a um rio.

A infância, nascente fio de água, débil, descobrindo o equilíbrio no meio dos pequenos passos, crescendo nos passos adolescentes, mais largos e velozes, engrossando o caudal, orgulhoso dentro das margens da maturidade, espraiando-se na foz em pleno abandono para que o mar o receba.

É a sua reintegração no ciclo da natureza, de onde partiu e com a qual se funde e confunde.

Entender a vida como poética integração natural onde tudo nasce e renasce sem lugar para a morte é, afinal, viver.

Pena é que o rio seja cortado e o seu percurso interrompido de forma brutal, roubando à vida o que a vida criou com tanto amor.

A Carla e a vida eram a natureza na sua mais bela expressão, a natureza sem limites para a alegria, iluminando o mundo em redor, rejeitando as margens do individualismo, do secundário e acidental, para correr límpida, essencial, solidária, dada e determinada por dentro dos outros.

Gostava de flores. Gostava de flores amarelas e campestres. Estava tão próximo delas que a natureza teve ciúmes e cortou-a ao desabrochar.

Foi minha aluna.

Ficará nos olhos o seu rosto perfumado das flores campestres e nas lágrimas a limpidez da água do seu rio.


publicado por Carlos Loures às 08:00
link do post | comentar

1 comentário:
De augusta.clara a 20 de Setembro de 2010 às 14:43
Se eu pudesse, em vez de palavras, pôr aqui uma música para exprimir o que sinto com este texto...


Comentar post

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
Olá a todosEu sou Tainara izabella paola e sou da ...
Bom dia. Meu nome é Giovana Verônica Raiane. Eu so...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links