Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
Freeport - insuficientes mas existem!
Como se previa o arquivamento do processo e consequente fim do segredo de justiça, veio levantar questões muito dolorosas para as entidades estatais que autorizaram a construção do Freeport.

Para além das 27 perguntas que não foram feitas a José Sócrates, o relatório do Ministério Público não é parco em palavras e diz claramente, que há provas de que houve pagamentos e movimentações de avultadas quantias em dinheiro nas contas bancárias dos arguidos. Provas insuficientes, é um facto, mas existentes!

Há ainda provas que a autorização foi conseguida após e devido ao envolvimento de figuras próximas do entáo secretário de estado do ambiente, tanto familiares como hierarquicamente dependente dele. Provas insuficiente, é um facto, mas existentes!

A credibilidade do primeiro ministro leva mais uma pázada de terra (talvez do cemitério que não autorizaram a construir no mesmo local por razões ambientais)e nos próximos dias as provas, insuficientes, é certo, mas existentes, vão continuar a serem publicadas pelos "media". Se em termos criminais, o primeiro ministro pode descansar, no que à opinião pública diz respeito é-lhe retirada a mais pequena porção de credibilidade que lhe restava.

Bem sei que a sua vida política está a acabar e que só razões de calculismo político, do próprio e alheio, o mantêm no lugar, até sair pela porte pequena. Quem também só tem portas pequenas é a Justiça, que nos quer convencer que há corruptores sem haver corrompidos! O curioso é que os únicos que são acusados são os privados, aqueles que de certa forma estavam a fazer pela vida. Precisavam de construir o Freeport para ganharem as comissões que são o seu rendimento enquanto intermediários.

Quanto à extorção não deveriam ser os extorquidos a apresentar queixa? É que só há extorção se houver uma ameaça física ou de outra ordem muito grave. Por exemplo, "ou me dás tanto, ou dou-te um tiro..." pois se ninguem se queixou como é que pode haver extorção?

O Presidente do Sindicato já vem dizer que vai defender os magistrados relatores no que for preciso, o PGR publicou uma nota a desmentir os magistrados relatores e vamos ter festa garantida!


publicado por Luis Moreira às 13:30
link do post | comentar

6 comentários:
De adão cruz a 30 de Julho de 2010 às 17:10
Não tenho dúvidas, Luis. Tudo se processa por arranjos e arranjinhos,: e eu que ainda cheguei a ter alguma esperança na justiça!


De Luis Moreira a 30 de Julho de 2010 às 18:31
Não há justiça, Adão. Estes políticos e magistrados andaram todos em Direito, a discutirem nas assembleias gerais, são parceiros de longa data.


De Joao Machado a 30 de Julho de 2010 às 23:28
E os ingleses lá construiram o Freeport muna zona que devia ser protegida! Qualquer dia temos o estuário do Tejo cheio de construções. Estamos a assistir apenas ao princípio. Ele é o Freeport, ele é a Plataforma Logística da Castanheira, ele é a Nova Vila Franca. O que se passa no Lombo do Tejo? Meus amigos, sabem que por debaixo do estuário está a maior reserva de água doce do país?

Um abraço

João


De Luis Moreira a 31 de Julho de 2010 às 00:01
Pois está e vai desde a OTA até Palmela. Mas isso não interessa nada, passamos a beber vinho verde...


De Pedro Godinho a 31 de Julho de 2010 às 11:17
Alguém duvida que os partidos do arco do poder se subsidiam com dinheiros públicos através de esquemas corruptamente perversos?
Mas o desagrado com o Sócrates parece toldar a visão neste caso.
Se não fizeram as tais 27 perguntas, tão essenciais que eram, foi porque não quiseram que tão lerdos e negligentes não podem ser.
Os agentes judiciários não parecem interessados na administração da justiça, mas no jogo político e corporativo.
Há processos a serem conduzidos no melhor estilo estalinista.


De Luis Moreira a 31 de Julho de 2010 às 13:18
Sim, e isto do relatório é uma sacanice. É como dizer, pois estás safo mas ninguem te tira a dúvida de cima...


Comentar post

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links