Domingo, 4 de Julho de 2010
Novas Viagens na Minha Terra - 38
Manuela Degerine

Capítulo XXXVIII

Décima etapa: Primeiro encontro

Fim de etapa, pensava eu, atravessando a ponte. Marquei encontro com um amigo por volta das oito horas e já estou muito atrasada, nem paro para tirar fotografias, tiro-as caminhando, enquanto seguro o bordão e agarro o chapéu (está vento) – uma ginástica complexa. A meio da ponte: o João Jorge telefona para avisar que se atrasou.

Disponho portanto de três quartos de hora, tempo suficiente para poisar num café, recuperar o fôlego, me pentear, comer uma sandes (haverá bom queijo?) e escrever o diário do dia. Quando saio, sigo pela Ferreira Borges, desço à Praça do Comércio, sinto frio, começo a tossir, acelero o passo. Não convém agora constipar-me... Ouço gritar e vejo uma rapariga a correr na minha direcção.

Fala em espanhol.

- Avistei-a de longe... É peregrina?

Que dizer? Trago botas, chapéu, bordão... Só me faltam a capa (substituída pelo saco-cama), a cabaça (metamorfoseada em garrafa de plástico) e a vieira (pesada) para integralmente coincidir com o jacobeu que vemos nos museus. Claro, como os hábitos de higiene e conforto mudaram da Idade Média a esta parte, carrego com uma mochila – o que nenhum peregrino da iluminura nem da escultura traz. (Aliás esta mochila, que agora todos trazemos, far-me-á sempre rir, quando ouvir, no futuro, falar desta descoberta que, pelos vistos, revolve o futuro de alguns peregrinos: as necessidades básicas não ultrapassam o que às costas podemos transportar. Cada vez que ouvir isto, hei-de na verdade rir-me, sem todavia fazer comentários, não quero diminuir as experiências-limite dos outros, pensando porém no contraste com os peregrinos da Idade Média: as nossas necessidades cabem na mochila com a condição de trazermos telemóvel e cartão de crédito, encontrarmos albergues, restaurantes, supermercados e acesso à Internet. Não por acaso perdurou a tradição de continuar até Finisterra, onde a roupa do peregrino era queimada, ritual de purificação, de renascimento para outra vida, sim, contudo também mera precaução higiénica, após tantos dias de caminhada e noites ao relento, sem duches nem lavagens de roupa.)

- Sou.

- Eu também! Vai para Santiago?

- Vou.

- Eu também!

Combinamos continuar juntas.

Encontro-me por fim com o João Jorge, que conduz a um restaurante de Barcouço. (Isto é: fora de Coimbra.) Como há anos não nos vemos, temos muita conversa atrasada, prolongamos o serão até tarde. Quando, por volta das duas da manhã, descalço enfim as botas, verifico os estragos do dia: tenho mais do que duas bolhas. Tanto num pé como no outro, um dos dedos está ferido em todo o perímetro, incluindo a unha. Na verdade... Será possível? Tenho duas bolhas... debaixo das unhas?!

Prefiro não me concentrar neste desastre. Enrolo os dedos em adesivo protector e quase rezo a Santiago para, dali por algumas horas, conseguir calçar as botas.


publicado por Carlos Loures às 10:00
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
OláEu sou Ibrahim Mohammed do Emirado árabe unido,...
Eu sou um disposo privada de um fons de that em ro...
Eu sou um disposo privada de um fons de that em ro...
Potrebuješ pôžičku? Máte nízke kreditné skóre a ne...
Atenção; Você é um homem de negócios ou uma mulher...
Viveu bastantes anos em Portugal, mais precisament...
Empréstimo e InvestimentoOlá a buscar um empréstim...
No dia 08/01/1974, faleceu o furriel Zeca Rachide,...
Cheguei aqui pelo link no blogue O Cantinho da Jan...
Apply now for all kinds of loans and get it urgent...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links