Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010
Dicionário Bibliográfico das Origens do Pensamento Social em Portugal (13), por José Brandão
Cultura Política Mentalidades

Vários

Coimbra, 1989


De resto, concentra-se em Cultura, Política, Mentalidades um conjunto plural de colaborações, cujo traço comum reside no facto de quase todos os autores integrarem o corpo redactorial desta revista, com excepção para os historiadores brasileiros Berenice Cavalcante e Leopoldo Jobim que, de diverso modo, mantêm relações científicas com membros do Instituto de História e Teoria das Ideias, e para um grupo de professores estagiários de História do ensino secundário que por esta forma, dão a conhecer o resultado de um trabalho colectivo desenvolvido num seminário científico.

Por fim, gostaríamos de assinalar que nesta vocação de modernidade que este título também acarreta, há zonas de claro-escuro, domínios ainda insuficientemente explorados e flutuantes até, como o estudo das Mentalidades...

Luís Reis Torgal

Ana Cristina Bartolomeu d’Araújo

_____________________


Da Casa Sindical ao Forte Sacavém


Frutuoso Firmino

Afrontamento, 1971

É este o tema destas escassas páginas de autoria do um operário gráfico que, exactamente por isso o por serem provenientes de uma experiência muito concreto de uma luta, adquirem um vigor e uma agressividade que só podem ser compreendidas à luz de um espírito de classe que obriga sempre a pôr os verdadeiros nomes às coisas e aos homens.

Depoimento vivido hora a hora, este relato dá sobre tudo a dimensão de uma luta «por dentro» ligada ao optimismo de quem, organizado, pensava conseguir em breve a emancipação libertadora. Certamente que perpassam através destas linhas breves, hesitações e algumas ambiguidades, por isso terá de se ler este livro com o cuidado de ter sempre presente que ele foi escrito em 1912, por um operário quase anónimo dentro da organização operária portuguesa e, que esta, apenas tinha começado a libertar-se dentro das condições da sua existência histórica…
_______________

Democracias e Ditaduras

J. Carlos Rates

Guimarães Editores, s. d.

O restabelecimento da normalidade social não pode, porém, ser dado pelo regresso dos partidos ao exclusivismo do poder público. O regresso dos partidos a esse exclusivismo seria a ressurreição do monopólio da governação, conferido de novo ao partido que vive, não do favor da simpatia popular, mas da influência interesseira e perniciosa do cacique e da fraude eleitoral. E, por mais que se teime, a consciência sã do país não quer, não deve e não pode admitir semelhante situação. Está nas mãos do governo militar acabar com ela. Mais do que o direito, o exército tem o dever de libertar-nos duma vez, por todas, dessa tutela ultrajante, ignominiosa e opressiva

No dia em que ressurgir esse monopólio, ficará de novo aberto o ciclo das revoluções a prazo, todos nós, os que não temos alma de lacaios e que nos servimos da cabeça para alguma coisa mais do que para pôr o chapéu, todos nós, repito, entraremos em conspirações para o derrubar.

_____________________


Dicionário de Citações de Antero de Quental

Ana Maria Almeida Martins

Editorial Presença, 2003


Sendo Antero de Quental um dos nomes maiores da cultura portuguesa e a figura dominante de uma das nossas mais brilhantes gerações – a Geração de 70 – a verdade é que toda a sua obra em prosa, com excepção, talvez, de Causas da decadência dos povos peninsulares, continua sendo muito pouco conhecida do público leitor em geral.

Por isso, este conjunto de – chamemos-lhe citações – que fui recolhendo na leitura dos seus ensaios, artigos e, sobretudo, em cartas, tem como principal objectivo a divulgação dessa obra.

Trata-se de uma escolha pessoalíssima, com certeza diferente de outra qualquer, mas difícil, ainda assim, para quem tudo o que Antero de Quental escreveu merece ser lido e relido na totalidade, com toda a atenção, encantamento e proveito.

___________________


publicado por Carlos Loures às 18:00
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links