Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010
Saúde - médicos a 100,00 Euros à hora...


Luis Moreira


Há 15 anos inventaram, a Ordem dos Médicos, as Faculdades de Medicina, o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação que havia o perigo de os médicos ,por serem tantos, poderem cair no desemprego. Era, como se compreende, uma conta fácil de fazer, bastava ir aos ficheiros dos recursos humanos dos hospitais e ver quantos médicos é que dali a 15 anos iriam para a reforma.

E, como sempre, neste malfadado país, arrancou-se com uma política idiota, criminosa mesmo. Jovens brilhantes com médias superiores a 19 valores não entraram nas Faculdades de Medicina. Uma sobrinha minha teve de média 19,2 valores, eram precisos 19,7 valores. Perdeu-se uma grande médica temos uma farmacêutica atrás de um balcão.E a guerra que fizeram à abertura das duas novas faculdades na Covilhã e em Braga?

Hoje, vem no Público, que o Serviço Nacional de Saúde para ter médicos suficientes paga a 100,00 Euros à hora, "não temos alternativa" diz a ministra. E, há dias soubemos que convidou os médicos reformados a voltar ao serviço acumulando a reforma com o vencimento.Porquê? Porque não há médicos. O "numerus clausus" de há 15 anos para defender o múltiplo emprego dos médicos, nos hospitais e nos consultórios privados,está hoje a ser pago por todos nós.

Deita-se mão a empresas externas que "alugam" os médicos aos hospitais por estas remunerações milionárias, são medicos contratados à tarefa, diz o sindicato que há 15 anos não abriu o pio, até fica mais barato porque assim não tem que se pagar as horas extras.

Claro, que longe dos grandes centros ainda é pior não há médicos que queiram ir para a periferia, o que se passa realmente é que não há médicos suficientes para responder à procura.

Os nossos jovens lá foram estudar para Espanha, e para outros países europeus onde, os cidadãos, não são impedidos por razões corporativas de estudar os cursos que lhes interessam e que têm procura no mercado de trabalho.Aqui, podem estudar segundo as vagas nas Universidades e não segundo as necessidades do mercado.

O resultado é andarem por aí no desemprego ou fugirem para a estranja porque aqui quem manda são os que têm vencimento certo, progressão na carreira assegurada e emprego para toda a vida.


publicado por Luis Moreira às 13:30
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links