Terça-feira, 11 de Maio de 2010
A máquina fotográfica da mente
Luís Rocha


Nunca participei em qualquer blogue. Até agora limitei-me a visitar blogues, onde amigos e a imprensa referenciavam alguns textos que consideravam com interesse.

Os meus amigos de longa data Carlos Loures e Luís Moreira, convidaram-me a participar neste blogue. O conhecimento que tenho das suas qualidades pessoais e profissionais, aliadas ao estatuto editorial do blogue, levaram-me a aceitar o convite que muito me honra.

Um dos temas sobre o qual me propus escrever, foi sobre as imagens “fotográficas” que a mente regista, nas mais diversas circunstâncias e nos momentos mais inesperados.

Projecto também escrever sobre economia e gestão, com análises simples e entendíveis por todos e incluir até um glossário com os “palavrões” que os gestores e economistas usam quando falam sobre um assunto, que a todos diz respeito e só pensam nos que entendem aquela linguagem.
O mesmo nos serviços e ofertas que os Bancos fazem aos clientes usando termos e expressões que a maioria dos clientes não sabe do que lhe estão a falar e, como não sabe, acredita que quem o aconselha está a defender os seus interesses (do cliente), quando na realidade e de acordo com as suas funções, quem o atende está a defender os interesses do Banco e por vezes também o seu, se tiver comissões ou prémios nos produtos que promociona e resultados conseguidos.

Para já e, na sequência do “post” anterior, vou continuar com mais alguns textos sobre as imagens captadas pela máquina fotográfica da mente. São situações vividas e sentidas, em determinados momentos, que me tocam de uma maneira especial e que de imediato me levam á escrita num pequeno caderno que sempre me acompanha.

Esta sensibilidade é decerto sentida e vivida por todos e por isso lanço um desafio aos leitores do texto, para também escreverem sobre o tema.

Então aí vai mais um texto:

Almoço num dos antigos restaurantes, junto a um dos pontões da Costa da Caparica “ Primoroso”

Estava numa mesa virada para o mar. Foi um almoço com o sol e o mar por companhia. O dia estava lindo.
O sol fazia brilhar a água que reflectia esse brilho, mas apesar deste beijo tão quente o mar não perdia a imponência da sua força e de chamar a atenção com as suas ondas de espuma barulhenta que morriam na areia da praia.
Na crista das ondas os surfistas deslizavam, fazendo uma dança com a água e o sol, dando à paisagem um movimento de harmonia entre a natureza e o homem, num pequeno momento de tréguas.

No extremo do pontão que tinha em frente, havia vários pescadores que me pareceu estarem mais a desfrutar daquele mar e sol radioso, do que propriamente a pescar.

Entretanto uma mulher chegou ao pontão. Vestia uma blusa vermelha e umas calças de ganga. Tinha cabelo preto liso e comprido um pouco abaixo do pescoço. A cara não a vi, pois esteve sempre virada para o mar e de costas para o restaurante. Tinha uma figura que fazia adivinhar um corpo esbelto. De pé olhou o mar durante alguns minutos, como se fosse uma estátua.
De repente começou a arregaçar as calças, até aos joelhos, deixando a descoberto as suas pernas branquinhas. Os movimentos foram feitos sem pressas.
Depois endireitou o corpo, compôs a mala a tiracolo e, em passos calmos olhando sempre o mar, caminhou pelo pontão em direcção ao local onde estavam os pescadores.
Parou várias vezes para contemplar aquele conjunto “mar, sol, dança das ondas”. Nunca se virou para o lado da terra e por isso não vi o seu rosto, nem de longe. Vi-a chegar junto dos pescadores e depois perdi-a de vista. Enquanto estive no restaurante, não voltou. Presumo que deve ter ficado sentada numa das rochas do pontão, em contemplação e solidariedade com o mar!!!!!

Terminei o almoço, passeei um pouco no paredão e deixei que a minha mente divagasse a seu belo prazer.
Senti-me no espaço que idealizei e dei asas às imagens, que a máquina fotográfica da mente captou



publicado por siuljeronimo às 12:53
link do post | comentar

2 comentários:
De carlos loures a 11 de Maio de 2010 às 13:26
Lúís Rocha, querido amigo e companheiro de tantas batalhas: a tua sensibilidade, os teus textos, a tua mente fotográfica, são muito bem-vindos a este nosso estrolabio que nos vai medindo a altura do Sol.

É uma bela ideia a tua de usar a máquina fotográfica da mente para reproduzir momentos irrepetíveis. Parabéns pelos teus textos.


De Luis Moreira a 11 de Maio de 2010 às 14:56
Estás um bloguer de primeira água. Bom texto!


Comentar post

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
Olá a todosEu sou Tainara izabella paola e sou da ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links