Segunda-feira, 21 de Junho de 2010
Carlos Leça da Veiga - nova carta a Carlos Loures
Meu Caro Carlos Loures,


Volto à frase que destinei para designar o "assunto". Hispânicos somos todos nós; espanhois é que não; nem os há.

Considero meramente expeculativo que prossigamos com esta nossa correspondência desencadeada pela minha defesa da independência da Galiza e transformada num diferendo sobre a minha defesa duma idêntica saída política para o caso muito respeitável da Nacionalidade Andaluza.

Esta minha resposta à tua última carta vai ser uma demonstraçâo de indisciplina porquanto não tenho cópia do teu escrito e, nesta condição, escreverei à medida de quanto possa recordar-me. Como sabes a minha provecta idade caustica-me com falhas - brancas - terríveis!

Primeiro) A utopia é o lugar onde o nosso imaginário pretende chegar; não é longe, nem perto. Será onde for e isso varia com quem o define, sonha e anuncia.Não vais querer ditar-me os seus/teus limites.

Segundo) O escuteiro estava muito bem ensinado mas agiu precipitadamente.Bastaria que tivesse incitado a Senhora inclusive lembrando-lhe que naõ atravessar o mais complexo mata a evolução.

Terceiro) Se os nascidos na Galiza não percebem que têm uma Nacionalidade, em termos político mas não só, bem pode dizer-se estarem alienados.

Quarto) Não pretendo obrigá-los a serem independentes, outro sim à política portugesa que, essa sim, deve bater-se pela Libertação de todas e quaisquer Nacionalidades. Se o não faz contradiz-se inexoravelmente. Verifico que o fenomeno nacional da Descolonização - imposto e pedido, tanto de fora como de dentro - continua a não nortear obrigatoriamente a chamada esquerda.Os outros são uns senhores que procedem como entendem; nós devemos comer e calar!! A política portuguesa não deve abdicar de ser o farol das Independências Nacionais.A coerência obriga a, mais uma vez, dar novos mundos ao mundo.O que disto irão dizer os esquerdalhos de serviço!!! ah! ah! ah!

Quinto) Em toda a Europa medieval nada havia de tão avançado como o foi a Andaluzia e, como é do teu conhecimento, não foi obra desfeita num só dia.

Será que os indigenas andaluzes actuais recusam o seu passado riquissimo em nome de terem sido conquistados pelos castelhanos? É preciso reconhecer que no estado espanhol só está autorizado falar-se de autonomia. Uma palavra em favor da Independência é crime.Querer ouvi-la para concluir que são independentistas é provocatório.

Sexto) É bem sabido que a política de Madrid tudo tem feito em favor da miscigenação e da deslocação das vàrias Nacionalidades reconhecido, como é, que os independentismos existem e não estão reduzidos, apenas, às tres Nacionalidades que tens referido.

Sétimo) A dado passo da tua última carta - obra de literatura muito apreciável - indicas-me o caminho do bom comportamento. Que não devo julgar. Mas que Democracia será essa em que não posso julgar comportamentos e pensamentos cujos, isso é indiscutível,não molestavam quem quer que fosse.

Oitavo) Parece útil pensar no caso dos Sérvios e dos Croatas sobre quem ninguém tinha dúvidas de serem uns "indefectíveis e acendrados Jugoslavos". Viu-se !

Abraça-te com amizade o

Carlos Leça da Veiga


publicado por Carlos Loures às 19:30
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
bom dia meu tio de nome joao da cunha fernandes da...
Sou James Roland, de Portugal. Alguns meses atrás,...
Oferece empréstimos de dinheiro variando de 5000 a...
Here is a good news for those interested. There i...
oferta para todosOlá, volto para todos os indivídu...
esse dalmaso nao e brasileiro ele deu depoimento e...
Meu nome é Patricia Martins, de Portugal, um pai s...
Dia bom, Meu nome é Laura Pablo, eu quero testemun...
Afinal em que ficamos? Esta coisa do Daflon do Ven...
UPDATE ON LOAN REQUIREMENT If you are in need of ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links