Sexta-feira, 6 de Agosto de 2010
Novas Viagens na Minha Terra
Manuela Deerine

Capítulo LXX

Décima oitava etapa: de Barcelos a Ponte de Lima (continuação III)

Passamos por casas, vinhas e hortas, ouvimos berrar ovelhas, vemos, de vez em quando, uma vedação com lajes verticais. A água intensifica as cores, dá às pedras um brilho luzidio, faz inchar o musgo, o sedum e todas as plantas que crescem em cima dos muros. Os campos são na maioria verdes, não raro amarelos, uma ou outra vez castanhos: algo semeado e não nascido. Sucedem-se os rectângulos com batatas, com favas, com ervilhas, com couves... Muitos lugares começam a cobrir-se com vinha suspensa em postes de granito.

Enganamo-nos no caminho, uma mulher corre pela rua abaixo, para se abrigar deste derrame atmosférico – avisa-nos. Não manifesta qualquer estranheza, sabe por que razão ali passamos.

Berro na direcção das nuvens.

- Está o caldo entornado!

Chega-me a réplica redobradamente líquida.



Sucedem-se as igrejas, as capelas e os calvários. A certa altura, entre uma igreja e uma capela, o caminho encontra-se, na faixa central, coberto de pétalas, formando desenhos diversamente coloridos: houve ontem uma festa religiosa. A procissão caminhou, de um e de outro lado, sem pisar as pétalas que, com esta humidade, se mantêm viçosas e intactas.

Há paredes com fetos, há muros magníficos, feitos de enormes blocos de granito, um lego de gigantes, há bancos e tanques de pedra, há pátios imensos, granjas com espigueiros, vastas casas de quinta... Apetece parar para encher os olhos com tanta beleza. Que pena estar a chover...

Quase me felicito por, neste transe tão húmido, não caminhar com Maria – que apodreceria a caminhada de mau-humor. Já bastam as reais dificuldades deste chapinhar tão prolongado. Estando tudo enlameado, não podemos, por exemplo, sentar-nos para descansar mas, tanto Sérgio como eu, tentamos suavizar a situação. Brincamos:

- Vejo uma aberta lá longe...

E eu, de vez em quando, repito esta evidência, que até, como ciclista, algumas vezes lembro:

- A chuva não é mais do que água!

Acabamos por nos rir. As nossas figuras, ele com a bossa da mochila, eu coberta com sacos de plástico, não deixam de ser cómicas.


publicado por Carlos Loures às 10:00
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
I recebeu um empréstimo em um notável credores, ho...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
Recebi um empréstimo de um credores excepcionais, ...
Para a sua atençãoMais preocupação por seus proble...
Carlos Loures a Anália já aqui disse tudo. Ter em ...
Caro Carlos Loures, Obrigada pela sua resposta. Es...
Agradeço o seu depoimento. Só agora respondo porqu...
Tanto quanto soube recentemente, foi o próprio Car...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links