Terça-feira, 16 de Novembro de 2010
Na Suiça as pensões têm um tecto de 1 700 E
Luis Moreira


Há um tempo para ter ambições para ganhar dinheiro, legitimamente, e esse tempo não é o da reforma. Há um tecto de 1 700 E e não são permitidas acumulações. É assim na Suiça um país com a dimensão do nosso e sem riquezas naturais.

"Há um tempo de idade activa laboral, onde as pessoas têm a oportunidade de construir um presente olhando para o futuro. O tempo da reforma deve, pois, ser o tempo do conforto merecido, situado entre o presente e, claro, o passado. E é neste passado - o do trabalho - que a diferença se faz. Nunca no presente da reforma." palavras de J. Ricardo de Torre de Moncorvo, no Publico.

É tudo uma questão de bom senso. Como é que a mesma pessoa recebe uma pensão de reforma do Estado e um vencimento desse mesmo Estado? E como acumula pensões de empresas em que esse mesmo Estado é o accionista principal?

Isto só é possível porque não há controle da sociedade e, muito menos, do poder político, na esperança de vir a usufruir das mesmas mordomias. Mas não há a Assembleia da República para impedir estes desmandos? E o Presidente da República? E o Tribunal Constitucional? E os Tribunais ?

Tudo isto começou com a criação das Comissões de Vencimentos nas empresas em que uns senhores muito importantes são convidados, a troco de umas massas, de fixarem os vencimentos e prémios de quem os convidou e lhes paga.Serve, para quem fica com os vencimentos milionários, dizer que aqueles senhores da Comissão de Vencimentos é que lhes fixaram o vencimento, gente impoluta e nada interessada.Independente!

São conhecidos casos inconcebíveis como aqueles na TMN em que uns senhores só precisam de serem nomeados para uma das administrações das muitas empresas do grupo para, ao fim de um ano, terem direito a uma reforma que acumula . Pensões acima dos cinco mil euros!

Todas estas manigâncias nunca foram impedidas, mas eram do conhecimento de todos. E, não se escamoteie a verdade, isto acontece nas empresas públicas. É que as outras têm patrões e accionistas como se está a ver no aperto que os ex do BCP estão a levar pelo Joe e outros que querem o dinheiro de volta.


publicado por Luis Moreira às 13:30
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
OláEu sou Ibrahim Mohammed do Emirado árabe unido,...
Eu sou um disposo privada de um fons de that em ro...
Eu sou um disposo privada de um fons de that em ro...
Potrebuješ pôžičku? Máte nízke kreditné skóre a ne...
Atenção; Você é um homem de negócios ou uma mulher...
Viveu bastantes anos em Portugal, mais precisament...
Empréstimo e InvestimentoOlá a buscar um empréstim...
No dia 08/01/1974, faleceu o furriel Zeca Rachide,...
Cheguei aqui pelo link no blogue O Cantinho da Jan...
Apply now for all kinds of loans and get it urgent...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links