Segunda-feira, 19 de Julho de 2010
Testes de stress à banca europeia


Luis Rocha

O que são os testes de stress aos Bancos.
Trata-se de uma avaliação de como se comportam as contas dos Bancos (os seus activos ou a sua capacidade de financiamento) em situações-limite no mercado.

A base da análise deverá ter como principais indicadores:
- A dívida soberana (dividas dos governos);
- A dívida das empresas
- A dívida dos particulares
- A estimativa do crescimento económico (positivo ou negativo) na zona EURO

O tema tem vindo a ser tratado nos jornais e em toda a comunicação em geral, incluindo até debates televisivos.

O último a que assisti foi ontem na “SIC notícias” e das intervenções feitas a que considerei mais sensata, face à realidade portuguesa, foi a de um Professor do ISG.

Das suas opiniões, registei as que me pareceram mais realistas em conformidade com a situação actual e a prevista a médio/curto prazo, sobre a evolução da economia europeia e em particular da portuguesa.

Resumo em seguida as ideias base que retive e com as quais estou totalmente de acordo:
- Sobre o resultado do teste de Stress à Banca Europeia (90 Bancos, que inclui
4 Bancos portugueses que representam cerca de 80% do mercado financeiro
em Portugal) ele opinou o seguinte:

- Em primeiro lugar e independentemente do tipo de análise efectuada,
os resultados não deveriam ser divulgados publicamente. Deveria ser
dado conhecimento a cada País, com as recomendações que os
analistas entendessem adequadas;

- A divulgação pública dos resultados da análise pode ter várias leituras e
consequências como sejam:

- A Análise não considera a chamada divida soberana (divida dos
Estados) e apresentará um resultado falseado. Ou seja, todos ou
quase todos os Bancos vão ter nota positiva, o que redundará
numa desconfiança do mercado;

- A Análise considera os factores principais atrás referidos, mas
com estimativas optimistas (não credíveis) para o crescimento
económico nos próximos anos.
Daqui resulta uma conclusão ilusória, que pode ser positiva para
uns Bancos e negativa para outros;


No caso português por exemplo as perspectivas de crescimento
do PIB para 2010 são de 0.9 % e em 2011 de 0,2%. A dissecação
deste crescimento advém do aumento previsível das exportações
face ás importações e da diminuição do consumo interno.


Resultarão assim para Portugal, maiores restrições no crédito a
conceder pelos Bancos às empresas, ao Estado, diminuindo
portanto a capacidade de Investimento Público e aos particulares,
com maior incidência na área da habitação, afectando assim
também o sector da construção, com o consequente aumento do
desemprego e diminuição do consumo interno já referido;

Ainda em relação a Portugal o Professor levanta a questão sobre o
crescimento das exportações, tendo como base a situação que se tem vindo a verificar nos últimos anos de a Alemanha, que era o país que mais importava, ter vindo a diminuir o valor das mesmas, voltando-se para os países do leste Europeu onde os custos são mais baixos e até dos países chamados emergentes (China e Índia);

Sobre as importações da China e a Índia o professor, levanta a questão de a Comunidade Europeia correr o risco de estagnar em termos de crescimento económico, se não levantar barreiras ou estipular limites ás importações daqueles países;

A publicação pública dos resultados da análise (seja quais forem) pode assim ter como consequências:

- Falta de confiança no mercado da Banca e provocar riscos
sistémicos que abalarão ainda mais as potencialidades da
Europa sobre o seu crescimento futuro e de Portugal,
Irlanda, Grécia e Espanha (PIGS) em particular.


Entretanto o Jornal Expresso do dia 17 de Julho de 2010 anuncia que a
linha de crédito do Estado Português para Angola será usada para pagar
dívidas a empresas nacionais entre as quais se destacam, entre outras a
Mota - Engil, Soares da Costa e Teixeira Duarte.

Em contrapartida a exportações para Angola, entre Janeiro e Abril deste ano, caíram 23%. Estão a importar da África do Sul, Brasil, China, Índia e outros países

Afinal o que e quem estamos a financiar?
Onde vamos buscar o dinheiro?

Uma das eventuais recomendações, resultantes dos resultados do Teste de Stress, será obrigar os Bancos com dívida soberana suspeita nas suas carteiras, a reforçar os seus capitais.
Claro que a Comissão que está a fazer a análise, espera que isso seja feito com capital obtido no mercado ou por injecções financeiras dos governos nacionais.
Mas qual é o Investidor privado (incluindo os actuais sócios maioritários dos Bancos) que vai investir mais na Banca? E qual a capacidade dos governos sem dinheiro, se financiarem internacionalmente e endividarem-se ainda mais?

VAMOS AGUARDAR PELO DIA 23 DE JULHO DE 2010 (sexta-feira)


publicado por siuljeronimo às 19:30
link do post | comentar

1 comentário:
De Luis Moreira a 19 de Julho de 2010 às 23:44
Meu caro, o stress test converteu-se num verdadeiro teste do stress..


Comentar post

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
oferta para todosOlá, volto para todos os indivídu...
esse dalmaso nao e brasileiro ele deu depoimento e...
Meu nome é Patricia Martins, de Portugal, um pai s...
Dia bom, Meu nome é Laura Pablo, eu quero testemun...
Afinal em que ficamos? Esta coisa do Daflon do Ven...
UPDATE ON LOAN REQUIREMENT If you are in need of ...
Olá, sou ivani suarez, atualmente morando em santi...
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links