Domingo, 3 de Julho de 2011
Caso DSK - A Justiça americana é rápida e eficaz - por Luis Moreira

A prova da bondade da Justiça americana está neste processo que envolve DSK. A Justiça americana foi  célere e eficaz. Prendeu quando devia prender ( terão sido escusadas aquelas imagens com o DSK algemado), a acusação foi constituída em poucos dias, o tribunal decidiu em primeira instância com prisão e depois para prisão domiciliária com uma alta caução financeira e, quinze dias depois, face ao desenvolvimento das provas orientadas para o processo concedeu a liberdade.

 

A acusação permanece, o Ministério Público americano mantem a acusação, mas mais vale três culpados em liberdade que um inocente na prisão.

 

Numa viragem surpreendente DSK foi ontem libertado, a defesa apresentou provas de contradições no testemunho da vítima, a empregada do hotel que terá sido violada . Há escutas de telefonemas entre a acusadora e membros de gangs que apontam para uma cilada concertada a DSK e, o passado da empregada do hotel não é abonatório.

 

Cyrus Vance, o procurador geral quis fazer do caso um caso exemplar. Para já foi derrotado, mas mostrou que a justiça americana funciona. Um caso destes em Portugal, queima para sempre o arguido, com sorte, só cinco anos depois é que o assunto sobe à barra dos tribunais.Claro, que esta ineficácia tem uma influência decisiva na qualidade da democracia e, até, na capacidade de atracção de novos investimentos e no desenvolvimento da economia.

 

Quem está disposto a investir num país cuja justiça demora cinco anos a tomar uma decisão?

 

Entretanto, DSK e a mulher não perderam tempo e já foram jantar a um restaurante da moda. A imprensa  Francesa, Le Fígaro, adianta que estava outro homem no quarto quando a mulher da limpeza entrou e, que esta, terá perguntado se poderia começar a limpar o quarto julgando que estava vazio. Como se sabe DSK estava no banho.

 

No meio desta trapalhada há que prestar a devida homenagem à  Justiça americana , actuou sem medo do poder do acusado e não teve medo de recuar face às provas apresentadas.

 

PS: e, funciona assim quando não há dinheiro e poder? Lembro-me do presidente Jimmy Carter, antes de tomar posse ter ido conhecer o país real e, também as prisões. Disse: Nas prisões só vi negros e hispânicos!

 



publicado por Luis Moreira às 13:00
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
I recebeu um empréstimo em um notável credores, ho...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
Recebi um empréstimo de um credores excepcionais, ...
Para a sua atençãoMais preocupação por seus proble...
Carlos Loures a Anália já aqui disse tudo. Ter em ...
Caro Carlos Loures, Obrigada pela sua resposta. Es...
Agradeço o seu depoimento. Só agora respondo porqu...
Tanto quanto soube recentemente, foi o próprio Car...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links