Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
Sempre Galiza! - Síntese do reintegracionismo contemporâneo (16), por Carlos Durão
coordenação de Pedro Godinho

Síntese do reintegracionismo contemporâneo (16)
  por Carlos Durão

(continuação)

Entre os comunicados das delegações no Rio estava este: “As delegações de Angola, Cabo Verde, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, e Brasil ao Encontro de Unificação Ortográfica da Língua Portuguesa, realizado no Rio de Janeiro, na Academia Brasileira de Letras, de 6 a 12 de maio de 1986, agradecem o assíduo comparecimento às suas sessões dos observadores da Galiza, escritor José Luís Fontenla, professora Adela Figueroa e professor Isaac Alonso Estravís, em representação do professor Ernesto Guerra da Cal, bem como do observador da União Latina, professora Rogéria Cruz./ Rio de Janeiro, 12 de maio de 1986”; assinavam, por Angola, a professora Maria Luísa Dolbeth Costa, por Cabo Verde o embaixador Corsino Fortes, por Moçambique o professor Luís Filipe Pereira, por Portugal o professor Manuel Jacinto Nunes, por São Tomé e Príncipe o professor Albertino Homem dos  Santos Sequeira Bragança, e pelo Brasil o acadêmico Austregésilo de Athayde. (Pode ver-se a reprodução facsimilar na p. 127 de “O Acordo Ortográfico e a Lusofonia”, Volume III de Linguistica, Sociolinguistica e Literatura Galaicolusobrasileira e Africana de Expressão Portuguesa, Fundação Europeia Viqueira, Instituto de Estudos Lusogalaicos, Temas de O Ensino, nos 11-13, Ponte Vedra-Braga, 1987. Foi, em parte, a instâncias dos “observadores da Galiza” que se incluiu a participação dos PALOP nas negociações do Acordo). E no “Protocolo do Encontro de Unificação Ortográfica da Língua Portuguesa, Rio de Janeiro, de 6 a 12 de maio de 1986”, há ainda esta referência implícita à Galiza: “sem referir em particular outras comunidades que têm na lingua portuguesa seu vernaculo” (ponto 4.4, p. 108, op. cit.). As IF decidiram a partir de então empregar a ortografia desse Acordo nas suas publicações.

Cria-se no 1989 (27 maio) em Ponte Vedra a Fundação Europeia Viqueira, Instituto Internacional da Lusofonia, um de cujos fins é defender “a unidade estrutural da lingua e a sua unificação grafica numa norma padrão” (art. 6o dos Estatutos), ligada às IFGP.

As IF enviaram uma delegação observadora às sessões de debate do Acordo Ortográfico em Lisboa, em outubro de 1990, na Academia das Ciências de Lisboa, no Salão de reuniões internacionais. J.L. Fontenla e A. Gil Hernández formavam parte da Comissão para a Integração da Língua da Galiza no Acordo da Ortografia Unificada; A. Houaiss assinou (com Nélida Piñon) pelo Brasil, como Secretário da Academia Brasileira de Letras, o comunicado que, em nome dos Estados lusófonos, anunciava o Acordo da Ortografia Unificada de 1990, que rezava: “As delegações de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Portugal com a participação de uma delegação de observadores da Galiza, reunidas em Lisboa…” (em I Congresso Internacional de Literaturas Lusófonas, NÓS, Revista da Lusofonia, Ponte Vedra-Braga, 1990/91, nos 19-28, entre pp. 470 e 473; e no Diário da República – I Série-A, no 193, 23-8-1991, p. 4370, publica-se a Resolução da Assembleia da República no 26/91, aprovando o Acordo para ratificação, e mais uma vez mencionando: “com a adesão da delegação de observadores da Galiza”, ibid. Na Rede: http://www.priberam.pt/docs/Acortog90.pdf); na sua Base XI 2o a), o Acordo inclui as palavras galegas “brêtema” e “lôstrego” entre 19 exemplos de proparoxítonas com vogal tónica fechada, introduzidas em sessão de manhã do 11, redigindo o secretário da Academia Brasileira prof. A. Houaiss, e intervindo Malaca Casteleiro, Albertino Bragança, Lindley Cintra, H. Pereira da Rocha, J.L. Fontenla, Costa Ramalho, Tiago Oliveira, Gil Hernández e M. Veiga (“O Acordo Ortográfico 1990 - Crónica de uma semana de 5 dias”, J.L. Fontenla, II Congresso Internacional de Literaturas Lusófonas, revista NÓS, nos 35-40, 1994, pp. 130-131). As IF decidiram a partir de então empregar a ortografia desse Acordo nas suas publicações.

O diretor do Instituto da Lingua Galega, A. Santamarina, declarou a La Voz de Galicia (em 17 janeiro 1991) que o Acordo assinado em Lisboa não tinha interesse para a Galiza.

Em 17 de maio de 2001, em reunião em Braga, as IFGP decidiram que a sua norma ortoépica fosse a do português “nortenho”; na terminologia de C. Cunha e L. Cintra: “dialectos galegos e dialectos portugueses setentrionais” (na "Nova proposta de classificação dos dialectos galego-portugueses", Boletim de Filologia, Centro de Estudos Filológicos, Lisboa, XXII, 1971, pp. 81-116), donde provêm os textos mais antigos do galego-português; marcando bem os ditongos “ou” e “ei”, com "-l" alveolar e não velar, e/o tónicos abertos diante de nasal, pronúncia de a/e/o pretónicos, conservando o e fechado diante de palatal,“r” forte, vibrante múltiplo alveolar e não uvular, e mais palavras ou grafias patrimoniais: ou seja uma norma culta interdialetal e transtópica não ligada a Lisboa.

(continua)


publicado por estrolabio às 10:00
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
No dia 08/01/1974, faleceu o furriel Zeca Rachide,...
Cheguei aqui pelo link no blogue O Cantinho da Jan...
Apply now for all kinds of loans and get it urgent...
Sou do Bat. Caç. 4613/72 que foi para Angola em fi...
Aí meu Deus eu tenho um pavor a esses bichos! Un d...
ei pessoal do bat cav 1927 e ex combatentes boa pa...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
I recebeu um empréstimo em um notável credores, ho...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
Eu fiz uma descoberta que eu gostaria de compartil...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links