Domingo, 18 de Julho de 2010
Novas Viagens na Minha Terra-


Manuela Degerine

Capítulo LII

Décima quarta etapa: em S. João da Madeira

A temperatura começa a baixar e, após uma pausa em S. João da Madeira, para me refrescar, beber água e fazer compras, caminho de novo com curiosidade. Encontro-me fora do roteiro e da sinalização de Santiago, por isso vou perguntando o caminho, para confirmar, se apanho um peão ao alcance da voz; até chegar aos bombeiros, inquiro apenas duas vezes: todos circulam de carro. O ambiente não é porém inquietante, a zona industrial encontra-se cuidada e ajardinada, há espaço, passeios, limpeza e ar respirável; nada que se compare com o Carregado.

Sou muito bem acolhida pelo comandante. Dormirei no ginásio mas devo esperar que fique livre – às 17 horas. Posso entretanto instalar-me na esplanada, depois tomo duche, se quiser, porém às 20 horas volto a sair, até às 21 horas, por haver uma aula da caraté. Tudo bem... Como na Mealhada. Com a vantagem de, aqui, o espaço exterior ser agradável. Instalo-me a escrever na esplanada.

(Oiço ao lado a entrevista com uma futura senhora da limpeza, a conversa avança pela psicologia de grupo e outras particularidades do serviço num quartel de bombeiros – então para limpar chãos são necessárias tamanhas competências nas relações humanas?!)

Maria telefona: as residenciais encontram-se cheias, os outros alugam um táxi e seguem para o Porto, evitando desta feita a etapa de amanhã, comprida e, para eles, pouco interessante. Será que ela ainda pode vir para os bombeiros? Digo que sim: se me aceitam a mim, também a aceitam a ela.

Às dezassete horas tomo duche, janto (o resto da sandes mais um pedaço de melancia comprado em S. João da Madeira), começo a lavar roupa. (Não houve, na véspera, condições para lavar: tenho duas camisolas sujas.) Chega a Maria. Às oito horas voltamos para a esplanada, onde conversamos com alguns bombeiros. O comandante também vai, com outros colegas, a pé para Fátima. Sugere-me que telefone para saber se no Porto podem acolher-nos e propõe que, no dia seguinte, às seis horas, uma ambulância nos deixe à saída de S. João da Madeira.

Deitamo-nos às nove e meia. Lá fora a banda dos bombeiros ensaia e, dali a pouco, há alarme: incêndio na zona industrial. Maria, que pôs tampões nas orelhas, não ouve nada. Não preciso de tampões: adormeço profundamente.


publicado por Carlos Loures às 10:00
link do post | comentar

1 comentário:
De Luis Moreira a 18 de Julho de 2010 às 22:42
Só dorme assim, docemente, quem merece...


Comentar post

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
Olá a todosEu sou Tainara izabella paola e sou da ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links