Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010
Salvé, Serviço Nacional de Saúde!
Luis Moreira

O maior e melhor serviço prestado ao povo português é o SNS! Faz hoje 31 anos!

Num país tão injusto, tão desigual, o SNS é um factor poderoso de nivelação, por cima, presta um serviço eficiente a toda a gente, rico ou pobre. Não tenho disso a mais pequena dúvida. Isso não quer dizer, no entanto, que não mereça melhorias a todos os níveis. Ao nível de gestão, de Recursos Humanos, de edificios e equipamentos e, muito principalmente, ao nível político.

Duas realidades como exemplo: O SMAS e o SMAS - quadros. O SMAS tem um hospital muito bom, dois centros de saúde, médicos, pessoal muito capaz, e equipamento. Eu sou um zeloso e habitual cliente, tenho um grande respeito pelo nível de cuidados a que sou sujeito. Sabemos, no entanto, que já houve uma Assembleia Geral para se tomar a decisão quanto a uma parceria com a HPP da CGD. Porquê? Porque as quotas dos sócios são praticamente absorvidas pelos salários do pessoal administrativo. O SMAS, pese o pesar, não tem viabilidade. O SMAS - quadros, tem lá umas quantas administrativas, faz uns acordos com os grupos que operam na saúde, paga umas receitas às farmácias e umas facturas aos hospitais e segue de vento em popa!

Isto quer dizer, que para um hospital se manter ao nível exigido, face à evolução da medicina, quanto a medicamentos, equipamentos e formação do pessoal, o investimento necessário é brutal! Ora o SNS é universal e gratuito, para lá correm todos os que padecem, mesmos os que gozam de apólices de seguros privados quando as coisas correm mal. O caminho só pode ser um se quisemos manter o lugar central e nuclear do SNS. Complementá-lo com os grupos privados. Ou então ter a exclusividade hospitalar, o que existe agora é que não é nada. Estão a prepara-nos para uma realidade que pode passar pelo desmontar do SNS!

Não tem nada de privatizar a saúde ou, muito menos, desmantelar o SNS, a razão é salvá-lo, por muito que custe a todos nós. Se não houver complementaridade, as actividades lucrativas vão ficar nos privados e as actividades com prejuízo vão sobrar para o SNS. Já aí temos as Parcerias Público/Privadas, são uma espécie de hospitais privados na rede de hospitais públicos,antes tivemos e temos a gestão privada de hospitais públicos, depois os hospitais EP, tudo mentiras que escondem uma decisão inevitável. O SNS deve reservar para si a parte central dos cuidados hospitalares e aceitar como parceiros de pleno direito os privados. Ou então o Estado reserve para si a actividade hospitalar, sem tibiezas e em exclusividade.

Atente-se nas doenças da velhice e oncológicas que exigem largas permanências nos hospitais; os casos em que o plafond do seguro terminou com a consequente passagem do doente para o hospital público; os problemas cada vez mais comuns resultantes de uma população cada vez mais envelhecida que recorre aos hospitais frequentemente, tudo isso é que irá destruir o SNS! E não percebo que a apólice de seguro seja accionada quando o titular entra num hospital privado e que o não seja num hospital publico.

Oxalá a ideologia não cegue quem está de boa fé!


publicado por Luis Moreira às 23:55
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Olá, sou ivani suarez, atualmente morando em santi...
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links