Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010
Gays - afinal o comportamento é mesmo de risco!
Luis Moreira

Que dizer desta notícia? Aumento de casos de Sida entre jovens casais homossexuais em Portugal "é preocupante"!

Contra todas as evidências, houve quem dissesse que o cozinheiro homossexual, não constituia perigo acrescido em relação ao cozinheiro hetero, no caso de se cortar e o sangue correr para cima da salada. Não interesssa, diziam, se é ou não homossexual, interessa sim o "comportamento", Ora, o facto, é que o "comportamento" homossexual é em si mesmo um perigo acrescido, pois as práticas sexuais a que se dedicam são violentas (no sentido que os orgãos nao foram criados para aquelas funções).

O aumento de casos de SIDA em homossexuais tem que ser encarado como uma prioridade, desde 2005 que praticamente duplicou. O alerta vem de um estudo francês que mostra que a doença, entre os jovens casais homossexuais franceses, está fora de controlo, é 200 vezes superior ao numero de casos encontrado nos grupos heterossexuais. Esta questão já tinha sido motivo de alerta noutros países europeus onde a tendencia é igualmente preocupante, contrariando a queda dos números em outros grupos afectados.

"Estamos a assistir à fadiga da prevenção" na Alemanha, na Holanda, em Espanha, em Portugal, no Reino Unido . Os médicos bem avisam, mas há sempre quem saiba tudo e ganhe sempre nas discussões, não no sentido de se esclarecerem as coisas, mas no sentido de impor a sua ideia aos outros. No ano passado, com o óbvio interesse político do PS, a discussão foi ao ponto de se considerar que não havia "grupos" de risco" há, sim, "comportamentos de risco", o que é verdade, mas estes números vêm-nos dizer que o risco é muito maior.

Estão aí os números, a homossexualidade exige comportamentos prudenciais muito superiores aos heterossexuais, e nisto não há nenhuma opinião negativa em relação aos gays.

Entretanto, os cientistas estão considerar que a adaptação humana ao VIH pode ser muito lenta, não sendo assim de esperar uma resposta do sistema de defesa imunitária. " O HIV é a carta fora do baralho, todos os outros vírus impõem uma mortalidade muito mais reduzida" diz Michele Worobey da Universidade do Arizona."Aconteceu algo com este vírus no século XX que o transformou de benigno em algo capaz de iniciar uma epidemia", declarou após estudos na Ilha Bioko perto dos Camarões, onde observou a evolução de várias espécies de macacos com várias espécies de SIV (vírus de imunodeficiência símia). A ilha está isolada há 12 000 anos.


publicado por Luis Moreira às 13:30
link do post | comentar

16 comentários:
De paladar da loucura a 20 de Setembro de 2010 às 13:48
Luis, quero acreditar que não pensas desta forma que alimenta a discriminação e promove o estigma. É sobejamente conhecido que o sexo anal é um comportamento de risco e não é apanágio somente dos Homens que fazem sexo com Homens (HSH). O problema é a ausência de informação e a ilusão de que apesar da SIDA não ter cura, trata-se, ignorando-se como o tratamento é penoso. A necessidade da prevenção reaparece em força, como foi assinalado no Congresso de Viena em Julho passado. Voltarmos a duas décadas atrás elegendo grupos de riscos é regressarmos a era onde o preconceito era dono de cada cabeça. Assim espanto-me que caias nessa rasteira!
A prevenção é cada vez mais necessária contra os COMPORTAMENTOS DE RISCO!
Abraço
Ethel


De Luis Moreira a 20 de Setembro de 2010 às 13:57
Os números indicam claramente o contrário, não acredito que os heteros mantenham todos a prudência e os homo não. De qualquer forma, manter a guarda levantada é o mais certo e o que melhor defende as pessoas.Um aumento 200 vezes superior aos heteros dá que pensar e não é por os heteros serem mais cautelosos.
Abraço


De Luis Moreira a 20 de Setembro de 2010 às 15:11
Foram os homossexuais as primeiras vítimas do HIV, agor passado o tempo do medo, são novamente os homossexuais as vítimas maiores do HIV. Não seria melhor para todos, principalmente para os homossexuais, admitir que o grupo é mesmo de risco? Que perante o mesmo comportamento o risco dos homossexuais de contrair a doença é muito superior ? Os números explicam-se como? Os heterossexuais continuaram a ser prudentes e os homossexuais não?


De carla romualdo a 20 de Setembro de 2010 às 17:49
Luís, sem querer reacender as nossas velhas "guerras" acerca deste tema, acho que é necessário ser prudente com este tipo de afirmações de forma a não a perpetuar, como diz a Ethel, um estigma.
Ainda que o número de contágios entre homossexuais esteja a subir, continua a ser entre os heterossexuais que o nº de novos casos é mais alto a cada ano.
Não estou de acordo quando dizes que "o "comportamento" homossexual é em si mesmo um perigo acrescido" porque estás a reduzir a homossexualidade a uma prática sexual específica - o sexo anal - que, de resto, não é exclusiva dos homossexuais.
Há que insistir na prevenção, e ainda há um grande trabalho a fazer, com jovens e menos jovens, mas sem nunca limitar os riscos a qualquer grupo em particular. caso contrário, corremos o risco de deitar por terra os avanços das últimas décadas.
um abraço


De Luis Moreira a 20 de Setembro de 2010 às 18:42
Carla, eu sei que isto é polémico, mas não será mais seguro dizer aos homossexuais que o risco é maior? Claro que se os heterossexuais se comportam como os homossexuais o risco é o mesmo. 200 vezes mais casos deve ter uma explicação. A última coisa que eu quero é levar as pessoas a manter preconceitos, mas não é importante que as pessoas saibam que o "coito anal" é mais perigoso que o "coito vaginal"? E polémicas contigo nunca mais, aprendi contigo a ver as coisas de outra forma, hoje percebo bem que ser gay merece todo o meu respeito.


De paladar da loucura a 20 de Setembro de 2010 às 18:47
Carla, muito obrigada. Foste muito clara e directa com o teu comentário. Estava aqui às voltas a pensar em como responder ao Luis, sem que corresse o risco de ser uma conversa a dois. Somos todos uma soma de muitos preconceitos, onde incluo-me, face à enorme ausência de informação.
Trabalhei com grupos focais de jovens. A ciência manda que sejam trabalhados em separado. Diagnosticámos os comportamentos de risco da comunidade, levantámos as falhas de informação. Os grupos construiram mensagens fabulosas para a prevenção do VIH. Nessas sessões a maioria conhecia o preservativo, no entanto contam-se pelos dedos os que sabiam usá-lo correctamente. Este é um exemplo da informação que não se transforma em conhecimento. Os comportamentos de risco são vários e as jovens raparigas continuam a não saber negociar o uso do preservativo. Estamos em Portugal, no século XXI, e há tanto por fazer! Nem todos os homens que fazem sexo com homens são homossexuais, Luis. É importante lutarmos e indignar-mo-nos contra a discriminação e o estigma. Tenho amigos seropositivos. Conheço de perto o medo. Está na altura de levantarmos a voz contra esse medo que nos aprisiona! Está na altura, Luis de olhares para esta temática de uma forma mais generosa. Beijo


De clara castilho a 20 de Setembro de 2010 às 19:32
Se a informação chegasse, não havia problemas destes, nem outros... É preciso interiorizá-la, confrontá-la com o nosso passado, com os preconceito, com o connosco mexe. Todos sabemos que fumar faz mal... que beber alcool em excesso também, que o consumo exagerado de hidratos de carbono nos pode abreviar a vida em muitos anos... E fuma-se, e bebe-se e empanturram-se em batatas fritas e doces!!
Com os pais com quem trabalho não dou informação, que essa já eles a têm, faço a ponte com a vida que tiveram enquanto pequenos, com a dos pais deles e com o presente, com filhos pequenos. Assim, algumas coisitas vão mudando: porque reflectiram em conjunto, porque as viveram em role-playings, porque as desenharam, porque ouviram de outros - e não de técnicos - possíveis soluções para os seus problemas. Temos que deixar e ENSINAR de cátedra!!!


De Luis Moreira a 20 de Setembro de 2010 às 20:05
É bom ler pessoas que conhecem e que têm experiência no terreno com pessoas em risco.Tambem é para discutir estes assuntos que o estrolabio existe. Olha, por exemplo, não sabia que heterossexuais faziam sexo com homens!


De maria monteiro a 20 de Setembro de 2010 às 22:50
Enquanto tivermos grupos religiosos, políticos ... que sejam contra o uso do preservativo, que olhem de lado a homossexualidade, que sejam contra aulas de educação sexual nas escolas, que, que, que... tudo o que seja passos na prevenção da doença é quase remar contra a corrente.


De paladar da loucura a 20 de Setembro de 2010 às 22:52
é de notar que os nossos amigos homens, às excepção do Luis não se manifestam sobre este tema. e falamos de discriminação...


Comentar post

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links