Quarta-feira, 14 de Julho de 2010
Novas Viagens na Minha Terra
Manuela Degerine


Capítulo XLVIII

Décima quarta etapa: de Albergaria-a-Velha a S. João da Madeira



Hoje a etapa é de 28km. Começo por atravessar uma floresta de eucaliptos, depois, já acompanhada por Martine, caminho um pouco à beira da N1. Notamos aqui, mais do que nunca, que Gérard Rousse utiliza mapas de outras eras – nem sequer assinala a existência de Albergaria-a-Nova. Fala-nos em contrapartida de uma aldeia denominada Branca, a 8,5 km de Albergaria-a-Velha, pela qual talvez passemos, de maneira despercebida. Uma vez mais, as expressões “Depois” e “Mais adiante”, sem indicação da distância, nos baralham. Acabamos por seguir apenas as setas amarelas, bastante raras, perguntando, de vez em quando, o caminho aos habitantes. Não andamos perdidas sem todavia sabermos com rigor por onde andamos.

- Como se chama esta terra?


O nome não aparece no mapa do roteiro. E Gérard Rousse descreve-nos um percurso que não é bem o que seguimos, fala-nos de uma rua da Gândara mas, pelo que notamos, aqui cada terra (ou quase) tem a sua rua da Gândara, assinala uma praça com calçada, bancos e candeeiros, que pensávamos haver ultrapassado há quilómetros, quando por fim aqui chegamos... Ou será outra?...

Martine surpreende-se com as dimensões das vivendas que, com frequência, vemos – as famílias portuguesas são assim tão grandes? Este gigantismo é de facto a característica do habitat contemporâneo que mais chama a atenção. Em França, onde os espaços habitados precisam de ser aquecidos durante, no mínimo, seis meses por ano (em Paris o meu prédio é aquecido durante oito), as casas têm a superfície necessária – e não mais.

Continuamos a atravessar uma região de habitat disperso, nem campo nem cidade, porém agradável, povoado, florido e onde as pessoas se mostram acolhedoras. Acompanhamos durante quilómetros uma linha de caminho de ferro, através de uma rua paralela ou mesmo caminhando ao lado dos carris.

A certa altura passamos por um camião no interior do qual vemos uma mulher com um ramo de salsa na mão: está a fazer o almoço para quarenta peregrinos. Conversamos um pouco. Peço autorização para tirar uma fotografia...

Chegamos a Pinheiro da Bemposta. Há vários quilómetros que Martine suspira por um café onde se possa sentar e refrescar, comer algo, ler um capítulo de Mémoires d’Hadrien – encontrar-se outra vez só. Já notei que tem uma personalidade muito independente. Eu também gosto de caminhar sozinha: fico mais disponível para ver a paisagem. Despedimo-nos. Até mais logo. No caminho, nos bombeiros, na biblioteca, na cabine telefónica, em algum café ou restaurante recomendado por Gérard...


publicado por Carlos Loures às 10:30
link do post | comentar

EDITORIAL
AUTORES
Adão Cruz

Adriano Pacheco

Alexandra Pinheiro

Andreia Dias

António Gomes Marques

António Marques

António Mão de Ferro

António Sales

Augusta Clara

Carla Romualdo

Carlos Antunes

Carlos Durão

Carlos Godinho

Carlos Leça da Veiga

Carlos Loures

Carlos Luna

Carlos Mesquita

Clara Castilho

Ethel Feldman

Eva Cruz

Fernando Correia da Silva

Fernando Moreira de Sá

Fernando Pereira Marques

Hélder Costa

João Machado

José Brandão

José de Brito Guerreiro

José Magalhães

Josep Anton Vidal

Júlio Marques Mota

Luís Moreira

Luís Rocha

Manuel Simões

Manuela Degerine

Marcos Cruz

Maria Inês Aguiar

Paulo Melo Lopes

Paulo Rato

Pedro Godinho

Raúl Iturra

Rui de Oliveira

Sílvio Castro

Vasco de Castro

Contacte-nos
estrolabio(at)gmail.com
últ. comentários
Olá Sr. / Sra.Você precisa de empréstimos para o p...
HOLA...¿NECESITA PRESTAR DINERO PARA PAGAR CUENTAS...
Bom-dia Senhoras e Senhores.Sou uma mulher de negó...
Sou uma mulher de negócio Portuguesa e ofereço emp...
Dude, if you were trying to sound portuguese let m...
Olá Andreia! Sei que esta publicação já é antiga. ...
Patricia Deus vai abençoar você e sua empresaMeu n...
Meu nome é Fábio João Pedro e eu sou de Portugal. ...
Meu nome é jose matheus Giliard Alef sou do brasil...
Bom dia a todosMeu nome é Damián Diego Alejandro, ...
pesquisar neste blog
 
posts recentes

De 26 de Setembro a 2 de ...

As minhas novas pegadas (...

A viagem dos argonautas

Portugal, a União Europei...

Políticos que cumprem ! P...

O Ministro Gaspar

Anima ver o lado positivo

Palavras Interditas - por...

Os jornais e as notícias ...

Summer Time - Ella Fitsge...

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

todas as tags


sugestão: revista arqa #84/85
links